Drag Taste – “Clock Down” é o primeiro musical interactivo do mundo

O Drag Taste começou em Junho do último ano pela mão de Pedro Pico AKA Drag Queen Teresa al Dente como uma experiência única para turistas em Airbnb. Drag Queens Cooking Party, no Lx Factory, foi a experiência criada que se tornou viral e Teresa estava pronta para replicar a experiência em todo o mundo, começando com Barcelona, ​​tendo encontrado e treinado as melhores Drag Queens da cidade catalã. Oito meses depois, Teresa começou a ser presença assídua do “5 Para a Meia-Noite” e criou várias outras experiências combinando Delish Food com a Drag Culture e Live Shows com dezenas de novas drag queens. Tornou-se uma das experiências mais populares no Airbnb no mundo e a nº 1 no Tripadvisor.

Em Março de 2020, Portugal iniciou uma quarentena nacional e o Drag Taste foi obrigado a fechar as suas portas mas sem nunca baixar os braços. Em menos de 5 dias, uma proposta de experiência online foi feita ao Airbnb: Sangria and Secrets with Drag Queens. Depois, foi ensaiar e garantir que todo o espectáculo estaria pronto e ao mais alto nível. E a verdade é que história foi feita: Em cerca de 3 meses esta nova experiência vendeu cerca de 9.000 bilhetes, recebendo mais de 1900 critícas de 5 estrelas e com uma faturação acima dos 300 mil dolares. A experiência, que correu o mundo, foi referida em meios como a Forbes, New York Times, CNN Travel, Washington Post, Vogue Índia, entre outros.

Ao fazer várias sessões deste novo conceito por dia e ao ler um artigo da OMS sobre a forma como o confinamento e a falta de interação humana, cultural e artistica, poderiam afectar de forma negativa as crianças, um pouco por todo o mundo, surgiu a ideia, entre toda a equipa, de escrever um Musical, 100% online e original que tivesse a particularidade de ser interactivo.

Se as salas de espectáculos estão fechadas, o cLock Down, nome deste novo Musical, levará o espectáculo para as casas das famílias de todo o mundo. cLock Down faz uma analogia mágica sobre as emoções negativas durante a quarentena. Tristeza, medo e raiva, podem ser transformados em felicidade. Teresa al Dente narra a história de como era jovem e morava na cidade de Tic Toc, um reino onde o tempo e os relógios estavam vivos, até o dia em que um egocêntrico feiticeiro, Vyraz, os fez parar e todos foram forçados a ficar em casa.

Com analogias surpreendentes, Teresa mostra como os sentimentos negativos podem ser transformados em bons jogos interativos ao vivo com os espectadores: desenho, guerras de almofadas e até mesmo fazer um bolo de microondas durante o espectáculo para que a casa de cada espectador se torne o palco do Musical. Com uma equipa de mais de 50 dos melhores artistas portugueses, as músicas originais foram escritas, compostas e tocadas por uma orquestra, os cenários foram construídos de raíz, figurinos foram feitos do zero e a experiência ganhou vida em menos de 30 dias. O resultado é pura magia!

Esta mega co-produção Drag Taste, Madstudios e Providers conta com direção de Pedro Simões, guião e letras de Henrique Feist e música de Nuno Feist. Entre os protagonistas, destaque para Teresa Al Dente, ou a participação especial de Filomena Cautela como Queen O’Clock, Mariana Pacheco na voz de Lady Sadness e outros cantores, artistas e musicos de renome nacional.

Os bilhetes para esta grande experiência podem ser adquiridos em airbnb.com/clockdown, pelo preço de 23€ por casa. O espectáculo é transmitido em directo, via Zoom, com 4 sessões diárias, de Sexta a Domingo.

Se quiser assistir à antestreia deste espectáculo, hoje, às 21:00, responda a este e-mail para passarmos todas as informações.

Sessões Live Online Todas as Sexta, Sábados e Domingo

1ª Sessão

2 pm EDT | 11 am PDT | 7 pm WEST

2º Sessão

6 pm EDT | 3 pm PDT | 11 pm WEST

3º Sessão

8 pm EDT | 5 pm PDT | 1 am WEST

4º Sessão

10 pm EDT | 7 pm PDT | 3 am WEST

EDT (New York) / PDT (California) / WEST (Lisbon)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.