Duas “Noites à Flor da Pele” com os UHF no Hard Club e Olga Cadaval

uhfbanner-copia

 

Se a carreira dos UHF continua a ser uma das mais marcantes da música moderna portuguesa, à beira dos 40 anos consecutivos, há discos cujo estatuto o tempo engrandece. É o caso dos LP “À Flor da Pele” (1981), primeiro álbum do grupo, e “Noites Negras de Azul” (1988), do final da década. Curiosamente, cada um dos LP incluía 3 singles de sucesso e 2 canções tribais: “Rapaz Caleidoscópio” e “Sonhos na Estrada de Sintra”.

 

 

Nos dias 2 (Hard Club, Porto) e 3 (CC Olga Cadaval) de Dezembro próximo, os UHF inauguram outro percurso na sua longa carreira com dois concertos temáticos designados por “Noites à Flor da Pele”.

 

 

Estes espectáculos serão o somatório daqueles dois LP tão marcantes para a música portuguesa. E vão ser tocados na íntegra, lado A e lado B, como se houvessem músicos sobre o vinil no prato do gira-discos.

 

 

Acresce aos alinhamentos os temas inéditos que foram editados em single, e canções que nunca foram tocadas em palco:

 

“(Vivo) na Fronteira” (1981), lado B do single “Rua do Carmo”;

“Noite Dentro” e “Quem Irá Beber Comigo (desfigurado)” (1981),  do single oferta com os primeiros 12.500 discos do “À Flor da Pele”.

“Foi no Porto” (1993)

“Cavalos de Corrida” (1980).  

 

 

E, em exclusivo para os dois concertos, haverá um disco inteiramente novo.

 

 

Será colocado à venda no Porto e em Sintra um EP de originais guardado a sete chaves. A edição é limitada a 2.000 exemplares, a lotação máxima para os dois concertos.

 

 

Bilhetes:

 

Hard Club | 2 de Dezembro : (abertura portas 21h30) concerto 22h00

Preços: 12,00€ antecipadamente e 15,00€ no dia

 

Olga Cadaval | 3 de Dezembro (abertura portas 21h00) concerto 21h30

Cadeiras de orquestra – 15,00€ | 1ª Plateia – 12,50€ | 2ª Plateia – 10,00€ | Balcão – 10,00€ | Galerias – 7,50€

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6262 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.