“E Agora quem é que manda?”: Entrevista a Filipa Banazol e Victor Nascimento

cartaz-anuncio-revista-espanhol-2

 

O Infocul entrevistou Victor Nascimento e Filipa Banazol, as duas primeiras figuras de “E agora quem é que manda?” que estreia no final de Outubro na Sociedade Musical Ordem e Progresso em Lisboa.

 

felipa-banazol-actriz-1-e-agora-quem-e-que-manda

 

“E agora quem é que manda” é a nova revista que subirá a palco na Sociedade Musical Ordem e Progresso, contando com direcção, encenação e textos de Carlos Jorge Español. A Sociedade Musical Ordem e Progresso, volta a apresentar Teatro e desta vez, Revista à Portuguesa “E agora quem é que manda? “, uma original e engraçada Revista, que durante 2.30 horas, vai animar o Público de Lisboa, com Direcção, Encenação e Textos de Carlos Jorge Español, tem ainda dois textos do ex-critico Teatral Títo Lívio, assistente de Encenação e Direcção de Ricardo Magalhães, Músicas Originais do Consagrado Eugénio Pepe e do estreante em Revista Nuno Romero, com Orquestrações de Nuno Romero, e Direcção Vocal do Maestro Ribeiro da Silva, Coreografias de José Nunes, Figurinos do Jovem Setubalense João Praia, confecionados, pela Mestra Rosário Balbi, Cenografia de Américo Grova e João Praia, confecionado por Américo Grova e José Portugal, Cartaz e design gráfico de João Praia, fotos de João Gouveia.

 cartaz-victor-nascimento-actor

 

Estamos a menos de 15 dias da estreia. O que já pode ser revelado sobre esta revista à portuguesa? 

 

Filipa Banazol (FB)- Pode ser revelado que as pessoas se vão rir bastante e que temos números de grande qualidade

 

Victor Nascimento (VN)- Podemos revelar que nesta revista o publico se vai divertir imenso com números originais e que reflectem a actualidade do cidadão comum. É uma revista com muita luz cor e alegria 

 

 

Quais têm sido até agora os maiores desafios nos ensaios? 

 

FB- Pessoalmente tem sido um  grande desafio porque o formato é um pouco diferente daquilo que tenho feito e em especial um dos números desta revista  é um grande desafio para mim e isso deixa-me feliz mas ao mesmo tempo com medo. 

 

VN- O maior desafio mesmo é trabalhar num palco muito reduzido devido a antiguidade da sala, mas de resto os ensaios tem sido uma animação, uma excelente troca de conhecimentos e de experiencias. 

 

 

Relativamente aos personagens que interpretará, o que pode revelar? 

 

FB- São personagens completamente diferentes umas das outras e isso é desafiante e acaba por ser uma aprendizagem

 

VN- Apenas posso revelar que quando entrar em palco o publico vai rir, pois são números muito cómicos alegres e com criticas da atualidade. Haverá desporto ,viagens a Lisboa, politiquices á mistura umas quantas boas razoes para o publico se animar

 

 

Quando surgiu a possibilidade de integrar este projecto? 

 

FB- Este projecto surgiu de um convite do encenador desta peça que me acompanhou na companhia de teatro anterior onde fiz um casting e fiquei. 

 

VN- Surgiu através do convite que o encenador Carlos Jorge Espanhol me enviou já me conhecia de outras revistas onde participei anteriormente, apresentou me o projecto e agradou me e desde logo aceitei .

 

 

Como convida o público a ir assistir a este espectáculo? 

 

FB- Venham rir muito, venham sentir várias emoções, venham ver arte e passar um serão mais do que agradável connosco

 

VN- Convido vos a todos a virem ver esta revista pois serão duas horas de boa disposição.  Venha assistir a esta grande revista “E agora? Quem é que manda?” pois rir é o melhor remédio. Bem haja a todos e conto convosco 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6715 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.