EDP compensa 140 toneladas da pegada de carbono dos artistas do edpcooljazz

A EDP vai compensar as emissões de carbono da atuação de todos os artistas do EDPCOOLJAZZ, através dos projectos de troca de combustíveis “Argibem” e “Velotex” (estes dois projetos têm como objetivo substituir a utilização de combustíveis não-renováveis e poluentes por combustíveis renováveis e limpos em fábricas de produção de cerâmicas e tijolos, bem como contribuir para o desenvolvimento local), no Brasil. A compensação das pegadas de carbono de todos os artistas equivale a 140 toneladas e dizem respeito às viagens e alojamento das equipas dos artistas.

O EDPCOOLJAZZ deste ano é um festival e)mission neutral certified. A EDP financiou a compra de créditos de carbono, permitindo a neutralização das emissões de carbono calculadas pela e)mission para este festival. No cálculo do impacte carbónico do evento são consideradas viagens e alojamento dos artistas, logística, queima de combustíveis pelos geradores, consumo de eletricidade, entre outras fontes de emissões.

 

 

Para desenvolver esta iniciativa o Grupo EDP conta com a e)mission, uma empresa internacional de gestão de carbono que apoia as organizações e empresas a reduzir o seu impacto no clima.

 

 

Desde as primeiras edições do festival, a EDP tem contribuído para que o festival EDPCOOLJAZZ seja ambientalmente sustentável. O Grupo patrocina assim, um festival inteiramente neutro em carbono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.