Enrique Iglésias levou milhares à loucura na Altice Arena

 

 

 

Enrique Iglésias encheu esta quarta-feira, 30 de Maio, a Altice Arena para apresentar um espectáculo electrizante e com uma mega produção visual que agradou aos milhares de fãs que ali se deslocaram.

 

 

A primeira parte do espectáculo agendado para as 21:30 esteve a cargo do DJ da RFM, que foi aquecendo o público que começou a demonstrar ansiedade para ouvir o cantor espanhol, perto das 22:00.

 

Enrique subiu a palco perante a euforia total do público e apostou num espectáculo em que não existiram tempos mortos. Um alinhamento no qual apostou nos maiores sucessos e uma produção visualmente impactante foram dois dos trunfos para que o espectáculo resultasse perante os fãs que se deslocaram à Altice Arena. Destacamos o facto de nas filas de espera  para o concerto nos termos deparado com muitos fãs espanhóis, ingleses e alemães.

 

 

O cantor espanhol recordou a ligação emocional que tem com Portugal, relembrando que a primeira vez que aqui actuou foi em…1995, tinha então 18 anos. Passados 23 anos, o público aumentou, tal como o carinho do músico pelo nosso país. Dividindo-se constantemente entre o palco principal e uma ilha montada no meio da Altice Arena, Enrique não fugiu ao contacto com os fãs, e até escalou para se aproximar do público do primeiro balcão, em cada um dos lados do palco.

 

 

O alinhamento constaram tema como “Freak”, “Heartbeat”, “Duele”, “Bailamos”, “Be With You”, “Escape”, “Tonight”, “Subeme la Rádio” (com Anselmo Ralph), “Hero”, “El Perdon”, “Bailando” ou “I like it”.

 

Fez uma menção a Cristiano Ronaldo, de quem vestiu uma camisola da selecção nacional na parte final do espectáculo, falou sobre a sua vida, sobre os temas que escreveu e a ligação que sempre foi tendo a Portugal. Uma noite na qual Enrique voltou a mostrar o porquê de ser um dos maiores sucessos da música latina e de ter vendido a quantidade exorbitante de discos ao longo de toda a sua carreira.

 

 

Recordar ainda que 7% da receita deste concerto foi para o IPO Lisboa.

 

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Miguel Louro Costa

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6751 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.