Entre galos cantores e dragões matreiros no Museu do Oriente

dragao_roubou_crista_galo-min-min

 

No fim-de-semana de 14 e 15 de Janeiro, os galos cantores e os dragões matreiros vão invadir o Museu do Oriente num conjunto de actividades indicadas para toda a família.

 

 

O Galo continua a ser o convidado de honra nas actividades organizadas pelo Museu do Oriente para assinalar o Ano Novo Chinês, e que continuam no fim-de-semana de 14 e 15 de Janeiro para toda a família.

 

 

O sábado começa com o ateliê “Um Ano Novo! Co-co-ro-co-có!”, este acontece das 10:00 às 10:45 e das 11:30 às 12:15. Esta oficina é indicada para bebés até aos 12 meses, que dá a conhecer este animal do zodíaco chinês através da música e do “canto” que ele emite. Este ateliê, que acontece nos dias 14 e 28 de Janeiro, é desenvolvido pela Tapete Encantado. Os bilhetes custam 4€.

 

 

Também da China, os Sábados em Oficina trazem os “Recortes da Ópera Chinesa”, inscritos na lista do Património Imaterial Cultural da Humanidade, são o tema da oficina que se realiza da parte da tarde, das 15:00 às 17:00, para crianças entre os 6 e os 12 anos. Durante duas horas, os mais novos têm a oportunidade de aprender algumas das histórias da Ópera Chinesa que servem de inspiração a estes trabalhos para, no final, criarem os seus próprios recortes. O preço dos bilhetes é de 5€.

 

 

“O dia em que o dragão roubou os chifres ao galo!”, no domingo de manhã (repete novamente no dia 29 de Janeiro), das 10:00 às 11:00 e das 11:30 às 12:30, é uma oficina indicada para crianças dos 3 aos 5 anos. Aqui, aborda-se a lenda que deu origem ao zodíaco chinês, segundo a qual, Buda convocou os animais para uma reunião, mas apenas alguns compareceram. Várias foram as peripécias e as partidas que fizeram entre eles. E o que terá feito o galo depois do malandro do dragão lhe roubar os chifres? Histórias de bichos travessos, para ouvir e representar. O bilhete custa 4€.

 

 

E para terminar o fim-de-semana, às 16:00 do dia 15 de Janeiro, o Museu do Oriente recebe os Solistas da Metropolitana em mais um concerto de entrada livre, desta vez dedicado a Dussek e Schubert, em formação de quinteto com piano. Os membros da Metropolitana presentes serão: Daniela Radu (violino), Sérgio Sousa (viola), Carolina Ferreira (violoncelo), Vladimir Kouznetsov (contrabaixo), Savka Konjikusic (piano).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.