terra chã

 

A Companhia de Dança Contemporânea de Évora (CDCE) vai apresentar nos dias 23 e 24 de Junho, às 21:00, no Pequeno Auditório do CCB o espectáculo “Terra Chã”. Também haverá uma Oficina de Cante Alentejano.

 

 

“A expressão da terra, a voz dos homens, a força que os une, o peso, a densidade do ar, o vazio, o silêncio, o grupo e a solidão. Os extremos e os seus limites. Os amores e os desamores. Os sonetos de Florbela Espanca que falam da beleza e da alma do Alentejo. Através de um olhar contemporâneo trabalha-se a fusão entre a música de Ólafur Arnalds e as modas do Cante Alentejano. A coreografia percorre diferentes ambientes nas vozes do Cante Alentejano e no Alentejo.”, refere a directora e criadora deste espectáculo, Nélia Pinheiro.

 

 

A música é de Ólafur Arnalds e conta com os bailarinos: Constança Sierra Couto, Fábio Blanco, Fábio Simões, Gonçalo Andrade, Margarida Belo Costa, Nélia Pinheiro e Yola Pinto. Serão acompanhados ao vivo pelo Grupo de Cantares “Os Ganhões de Castro Verde”. Este grupo é herdeiro de uma tradição que é  sua: a de um cante que já foi de trabalho, agora mais de lazer e de convívio, mas sobretudo, e  sempre, de afirmação cultural. 

 

 

Este espectáculo está associado a uma Oficina de Cante Alentejano, que vai acontecer no dia 24 de Junho, às 11:00, na Sala de Ensaio, e será coordenada por Filipe Pratas e os cantadores do grupo “Os Ganhões de Castro Verde”. Estes vão ensinar os convidados a intervir e a cantar de uma forma descontraída. Esta Oficina terá uma lotação total de 40 lugares/bilhetes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.