Esperanza Fernández no Terras sem Sombra: “o meu coração e minha alma estão abertas para quem me quer ouvir”

Esperanza Fernandez

 

O Terras sem Sombra regressa a 6 e 7 de Maio, na localidade de Serpa, com um dos mais aguardados concertos desta edição com a cantaora de flamenco Esperanza Fernandez.

 

 

A menos de duas semanas do aguardado concerto, na Praça da República, o Infocul entrevistou a artista para saber o que está a ser preparado para o festival do Baixo Alentejo e também as suas ligações a Portugal, e ao Alentejo em particular.

 

 

Bem, é um espectáculo que tem muito a ver com o festival, e com o seu precioso Portugal. É dividido em duas partes. Na primeira parte, por assim dizer, vou executar canções tradicionais, mas com letras sagradas. Miguel Ángel Cortes, meu guitarrista, fará um solo de guitarra e uma vez concluído, começará sem intervalo, a segunda parte é dedicada ao vosso e meu amado, embora não conhecido, Don José Saramago. Estes temas, com magníficos poemas seus , correspondem ao meu álbum que se chama “A minha voz na tua palavra”, diz-nos sobre o que esperar do espectáculo em que se fará acompanhar por Miguel Ángel Cortés na guitarra, Jorge Pérez “EL Cubano”, Dani Bonilla e Miguel Junior nas palmas e percussão.

 

 

 

Refere-nos que o convite para participar neste festival partiu do director artístico, Juan Ángel Vela del Campo, vendo que a sua voz e presença em palco se enquadrava no que “ele estava procurando entre outros grandes artistas no Festival”.

 

 

Sobre o Alentejo diz-nos que “Infelizmente não sei nada, só o que me disseram na conferência de imprensa, realizada no Consulado de Portugal em Sevilha e eu estou ansiosa para conhecê-lo pessoalmente”.

 

Esperanza Fernandez tem um percurso consagrado no canto flamenco e a sua voz apresenta harmonias únicas que vão desde os agudos aos graves, complementando-os com brilhantes interpretações na linguagem corporal que exibe nas suas actuações.

 

 

Sobre a participação neste festival diz-nos que “ tendo em conta a magnitude do evento e os artistas convidados, estou orgulhosa de poder participar”.

 

 

Neste espectáculo irá cantar obras de Saramago, e quando questionada de qual a sensação de cantar tão ilustre personalidade, revela-nos que “ é um pouco difícil de escrever, só posso dizer que eu estava absolutamente cativada por Saramago quando eu o conheci num filme que estreou em Sevilha chamado de “Pilar e José”.  A partir desse momento começou a pesquisar se alguém tinha cantado os seus poemas, tendo descoberto que o cantor Luís Pastor o havia feito, embora nenhum cantaor de flamenco o tenha feito, sendo ela a única, portanto o sentimento de cantar Saramago é “maravilhoso”.

 

 

Eu só posso dizer ao público para ir ver o espectáculo: Minha voz na sua palavra. Eles não se vão decepcionar. Porque o meu coração e minha alma estão abertas para quem me quer ouvir. Um muito forte beijo para todos” lançando o desafio ao público para esgotar este icónico espaço em Serpa, a Praça da República.

 

 

O alinhamento para este concerto é o seguinte:

 

– Kyrie- Petenera (Popular);
– Agnus Dei- Soleá (Popular);
– Cordero de Dios- Seguriya (Popular);
-Alegrias;
– A ti regresso, mar- Garrotín (José Saramago);
– En esta esquina del tiempo- Tanguillos (José Saramgo);
– Balada- Malagueña y Abandolaos- (José Saramago);
– Dijeron que había sol- Soleá (José Saramago);
– Bulerias.

 

 

O concerto está agendado para as 21:30 de dia 6 de Maio.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6389 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.