Entre os dias 23 e 26 de julho o Estádio do Jamor recebe o “Re-creio”, um evento de humor ao ar livre criado e produzido pela H2N-Phenomena Makers. Durante quatro dias o campo de rugby do Estádio Nacional promete ser o pátio mais hilariante de Lisboa, com grandes nomes do humor, poucos filtros no stand-up comedy e línguas bem afiadas nas mais divertidas cavaqueiras. As regras de distanciamento social, de higiene e segurança impostas pelo Governo e pela Direção-Geral de Saúde não só estão garantidas, como são um ponto de honra nesta iniciativa, que investiu num plano rigoroso de formação das equipas envolvidas, para salvaguardar toda e qualquer questão relacionada com a higiene e segurança, desde a montagem até à desmontagem do “Re-creio”.

 

Bruno Nogueira Miguel Esteves CardosoSalvador Martinha e Luana do Bem, Beatriz Gosta e Rita Blanco, Eduardo MadeiraCarlos Coutinho VilhenaGuilherme Geirinhas Diogo Batáguas, são os artistas deste evento onde reina o bom humor. Um evento de espectáculos de stand-up comedy e de conversas em dupla que quer ser também o tempo e o lugar para se voltar a descontrair e a acreditar,  como explica Hugo Nóbrega,  Diretor Geral da H2N: Recreio significa duas coisas: é o tempo e o lugar da diversão mas é também a palavra que contém em si o verbo ‘crer’, que aqui significa voltar a acreditar”, explica. “O ‘Re-Creio’ pretende ser um evento diferenciador e otimista. Um evento de união, de partilha de emoções, de sorrisos, de tempo, de bom humor, de boas conversas e boas histórias. Tudo isto num ambiente descontraído, relaxado, responsável e seguro. Como num recreio!”, afirma o produtor.

 

Para além da zona de palco e espectadores, o estádio de Rugby do Jamor conta com uma zona de lazer e de convívio e um espaço de street food . Como forma de garantir a segurança do público, serão implementadas várias medidas de segurança: a venda de bilhetes será bastante limitada com lugares marcados, será medida a temperatura de todas as pessoas à entrada do evento, assegurados diferentes circuitos para entradas e saídas, vai ser disponibilizado álcool gel em vários pontos do recinto, não haverá pagamentos em dinheiro (estes serão feitos exclusivamente através da plataforma 3cket e MBway, e de um QRcode digital que identifica cada pessoa no evento) e será garantido o distanciamento exigido dos lugares do público nas diversas zonas existentes. “Medidas estas, entre outras, que sabemos ser necessárias, e que quando cumpridas fazem toda a diferença”, afirma Hugo Nóbrega.

 

Os bilhetes para o maior recreio deste verão são vendidos em dupla e já se encontram à venda na Ticketline e na plataforma 3cket, sendo que os preços variam entre os 14 e os 20 euros.  Relativamente aos pagamentos no recinto, estes serão feitos exclusivamente através da plataforma 3cket – carregada através de mbway, terminal multibanco ou plataforma de homebanking.  O programa completo do “Re-creio” e outras novidades do evento podem ser consultadas em www. recreio.org.

 

PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira, 23.07

Salvador Martinha + Luana do Bem: 21.30h – 22.30h

Partida, Largada, Fugida! Salvador Martinha é o primeiro a abrir portas ao Recreio na sua primeira atuação sem máscara e sem filtros. O humorista que um dia quis ser Tipo Anti-Herói da comédia traz-nos as histórias hilariantes do eterno Cábula, e prova que quando chega a hora de subir a palco tem todas as respostas Na Ponta da Língua. Para a primeira parte, convidamos a aluna de mérito do digital, Luana do Bem, numa lição de stand-up sobre tupperwares e toucas de natação. Não deixem a vossa Cabeça Ausente e juntem-se para um serão tão épico que devia durar um período inteiro.

 

Sexta-feira, 24.07

Eduardo Madeira: 20.00h – 21.30h

Todos temos aquele amigo que trazia a guitarra até para o Recreio, e aqui não podia ser exceção. O consagrado Eduardo Madeira regressa aos tempos de trás do pavilhão e junta as suas seis cordas (esperemos que o resto do instrumento também) às observações jocosas sobre os portugueses, o futebol e tudo que os une. Ao pátio dos chegam outros dois alunos de mérito, ele vindo de Inglaterra, ela do palco que conquistou, o do digital.

 

Beatriz Gosta e Rita Blanco:  20.00h – 21.30h

A expressão “língua afiada” parece ter sido criada de propósito para elas. Numa aula em que vai toda a gente para a rua, as incorrigíveis Beatriz Gosta e Rita Blanco juntam-se pela primeira vez como colegas de secretária, depois de na pandemia terem contagiado os portugueses com os seus reparos desconcertantes no fenómeno digital “Como É que o Bicho Mexe”, de Bruno Nogueira. Quando tocar para o recreio, o pátio vai ser todo delas.

 

Sábado 25.07

Carlos Coutinho Vilhena – corrigir 19.30h – 20.30h

Alguém chamou o príncipe do Recreio? Aos 27 anos, Carlos Coutinho Vilhena tornou-se um verdadeiro fenómeno ímpar do humor nacional, depois de lançar uma série que marcou tudo e todos, com direito a #abracinhoaogoucha. Em cima dos palcos, no YouTube ou a jogar ao peixinho, este Bon Vivant tem a mesma determinação, granjeando milhões de visualizações e dezenas de milhares de espetadores nas suas digressões. A esta primeira edição traz-nos uma conversa com… terão de esperar para ver, mas podemos garantir que vai mudar o Resto das Vossas Vidas. Já fizeram o aquecimento? É que para os espetáculos de Vilhena convém correr, ou não esgotassem os bilhetes todos ao primeiro toque.

 

Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso: 22.00h – 23.00h

Neste Recreio não podiam faltar os dois colegas de carteira com horas e horas de conversa para dar. Juntos, Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso Fugiram de Casa de Seus Pais e trouxeram os já habituais cadeirões e caderninhos com horas e horas de notas sobre alta cozinha, desbloqueadores de conversa ou aversão a toda e qualquer tecnologia, desta feita no dia de soprar as 65 velas ao mais britânico de todos os escritores lusos. Juntos, compilam uma espécie de enciclopédia do comportamento dos portugueses (e não só), que abrem no mais recente volume, dedicado ao confinamento e à pandemia, à frente de uma turma atenta e pronta para ser chamada ao quadro.

 

Domingo 26.07 

Guilherme Geirinhas e Diogo Batáguas: 21.30h – 23.00h

Se houvesse uma Telescola no universo digital, Guilherme Geirinhas e Diogo Batáguas seriam verdadeiros catedráticos. Com um culto de centenas de milhares de seguidores, são donos de alguns dos mais cómicos reparos a duas e três dimensões sobre o país e o mundo. Nesta lição única e irrepetível, declara-se aula ao ar livre, em que como sumário temos apenas a pergunta “oh 2020, mas afinal o que é que foi isto?”. Aqui só leva falta de material quem não trouxer a sua boa disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.