Estão escolhidos os protagonistas de “Rogue One: Uma História de Star Wars”

rogue-one1

 

“Rogue One: Uma História de Star Wars” estreia a 15 de Dezembro nos cinemas portugueses. De acordo com a tradição de Star Wars, este filme coloca, mais uma vez, como protagonistas um homem e uma mulher.

 

 

A protagonista feminina, Jyn Erso, é uma mulher forte, leal e determinada, como protagonista da história. Para a interpretar, os realizadores voltaram-se para uma das jovens atrizes mais talentosas do Reino Unido, nomeada para os Prémios da Academia, Felicity Jones, uma jovem impetuosa e obstinada que se junta à Aliança Rebelde, para executar uma missão arriscada.

 

 

Abandonada muito nova, Jyn Erso é criada pelo rebelde fora-da-lei, Saw Gerrera. Já adulta, encontra-se a determinada altura, novamente sozinha no mundo. Ao descrever as características da sua personagem, Felicity Jones diz que “no início do filme, é muito independente. É alguém que não sabe como seguir as regras e que está constantemente a testar os limites.”

 

 

De acordo com Kathleen Kennedy, produtora do filme, “Felicity é uma actriz brilhante e dá uma sensação de confiança e importância a tudo o que faz, trazendo ao mesmo tempo diversão. Tem revelado a força de que estamos à procura nas personagens femininas de Star Wars.”

 

 

Já para interpretar o protagonista masculino, Cassian Andor, um respeitado oficial da Aliança, foi escolhido o actor Diego Luna.

 

 

No início do filme acreditamos que Cassian é apenas mais um oficial rebelde dedicado e implacável, mas à medida que a história avança, percebemos que também tem um passado. “Torna-se perceptível que Cassian teve uma relação com o Império no passado. Perdeu membros da família e isso mexeu de certa forma com ele. Inicialmente quando se encontra com Jyn, está a seguir ordens, mas à medida que a história avança ambos descobrem que têm muito mais em comum do que pensam”, diz Kathleen Kennedy.

 

 

A relação entre Jyn e Cassian é analisada por Gareth Edwards, autor da história, da seguinte forma: “Quando Cassian e Jyn se encontram pela primeira vez, nenhum deles quer trabalhar em equipa. Cassian preferia fazê-lo sozinho e Jyn também.”

 

 

A missão deles não é fácil e as hipóteses de sucesso parecem não existir, mas para Cassian e Jyn, esta jornada pessoal tem uma reviravolta inesperada, como conta Felicity Jones: “Jyn desconfia de Cassian. É destacada para ir numa missão com alguém que nunca conheceu. É naturalmente cautelosa com ele. Ambos são parecidos porque são obstinados. Não se tornam imediatamente nos melhores amigos, o que é divertido de interpretar. Mas passam por muito juntos. Há uma amizade verdadeira e um grande respeito até ao final do filme.”

 

 

O início da história de Jyn e Cassian pode ser vista no dia 15 de Dezembro nos cinemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.