José Conde

A Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha tem patente no café concerto do Teatro Municipal da Guarda, a exposição fotográfica “Aldeias de Montanha – Natureza Autêntica Gente Genuína”. Até 29 de Fevereiro, é possível apreciar um verdadeiro roteiro fotográfico sobre as vivências e aspectos identitários da Rede Aldeias de Montanha.

Esta mostra fotográfica propõe uma viagem imersiva na dimensão ambiental e social das Aldeias de Montanha das Serras da Estrela e da Gardunha, nas várias facetas do seu quotidiano ligado à pastorícia ou à cultura do centeio, mas não só.

A exposição é um testemunho vivo sobre as novas ruralidades, associado às “aldeias, em que às comunidades residentes se junta, cada vez mais, novos habitantes em busca de um conceito de vida alinhado com o chamado ‘slow life’ e aos novos desafios profissionais e oportunidades que o Interior tem para oferecer”, sustenta José Francisco Rolo, Presidente da ADIRAM.

Com esta exposição fotográfica, a Rede Aldeias de Montanha assume o seu posicionamento identitário, respeitando o carácter diferenciador e os aspectos simbólicos de cada Aldeia como territórios com um património cultural material e imaterial único, mas também uma inegável riqueza e diversidade natural, sendo a água um elemento com uma presença constante.

Até ao final do mês de Fevereiro, a exposição “Aldeias de Montanha – Natureza Autêntica Gente Genuína” mostra lugares onde se pode viver com qualidade e em segurança, e onde vale a pena investir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.