Exposição Martins da Costa no Museu da Quinta de Santiago

Martins da Costa_Mar Sagrado_1948

 

 

O Museu da Quinta de Santiago, em Matosinhos, vai receber uma exposição que vai recordar a obra de João Martins da Costa, pintor natural de Coimbra. A exposição “Martins da Costa… [d]aquilo que fica” vai ser inaugurada no dia 07 de Outubro, pelas 17:00, em Leça da Palmeira.

 

 

Esta exposição vai apresentar cerca de quatro dezenas de obras, sendo uma delas “Mar Sagrado – Tragédia marítima de 2 de Dezembro de 1947”. Esta obra retrata um dos maiores naufrágios que aconteceram em Leixões, quando quatro traineiras naufragaram quando se aproximaram da barra.

 

 

Esta exposição vai apresentar cerca de cinco décadas, da década de 1940 até ao final do século XX, de trabalho de Martins da Costa. Paisagens, autorretratos, naturezas mortas e episódios bíblicos são alguns dos temas destas obras.

 

 

Nesta mostra vão ser apresentadas obras que fazem parte dos acervos do Museu Nacional de Soares dos Reis, do Museu da Faculdade de Belas Artes do Porto, do Museu Municipal de Coimbra, da Câmara Municipal de Matosinhos e de alguns colecionadores particulares.

 

 

Esta exposição poderá ser vista de 07 de Outubro a 28 de Janeiro. Na cerimónia de inauguração desta exposição vai ser apresentado o livro “Contos Vividos”, que reúne um conjunto de textos de João Martins da Costa e compilados pelo jornalista Álvaro Coimbra. Esta obra vai ser apresentada pelo historiador Hélder Pacheco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.