Fábia Rebordão: “Importante é ter as minhas raízes presentes”

DSC_5215
Fábia Rebordão proporcionou um dos melhores concertos no Montepio Fado Cascais, tendo concedido entrevista ao Infocul no final do seu espectáculo.

Foi espectacular. Eu já tinha estado aqui ontem [no segundo dia do Festival, sexta-feira], portanto eu vim ver todo o ambiente do festival e assistir aos concertos, por tanto vim preparada, digamos assim, para este concerto e fui super bem recebida. Eu acho que as pessoas aderiram imenso e cantaram comigo e receberam-me tão bem, acarinharam-me tanto que eu senti-me tão confortável, tão feliz em palco que foi muito bonito” começa por nos dizer sobre o Montepio Fado Cascais.
Fábia Rebordão que além dos temas do seu novo disco, trouxe alguns clássicos do fado, mas com uma roupagem renovada, algo que lhe “dá um gozo enorme porque eu acho que tenho que ter a minha identidade em tudo o que fizer. Eu acho que isso é que faz a diferença. Não só para mim como para os outros intérpretes, os outros cantores. Eu acho que tenho que marcar pelo meu cunho, não é?!…Porque eu já não quero ouvir uma cópia dos outros, dos originais. Queremos ouvir algo autêntico, verdadeiro e então foi isso que eu trouxe”, diz-nos sobre o alinhamento que apresentou no Montepio Fado Cascais.
Fábia Rebordão tem já muitas datas agendadas e 2018 traz novo disco, “acho que sim” disse-nos, sendo que relativamente ao novo trabalho refere que “estamos a criar. Portanto deixa-me ver mas eu acho que a parte tradicional, eu gravei o fado “Laranjeiro” neste último disco em forma tradicional se bem que ao vivo não o apresento em tradicional mas eu acho que o importante é eu ter as minhas raízes presentes ainda que elas se fundam mas o importante é que eu as tenha presentes”.
Fotografia: Sérgio Garcia- Your Image

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6322 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.