FESTin abriu sétima edição com “Cartas de amor são ridículas”

arrowarrow


O FESTin, Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, teve ontem, 04 de Maio, a sessão de abertura da sétima edição com o filme “Cartas de Amor são ridículas”.

 

Perante uma Sala Manoel de Oliveira longe de esgotar, antes da exibição do filme, teve lugar os habituais discursos quer por parte do vereador Manuel Veiga da Câmara Municipal de Lisboa e os directores do festival (Victor Serra, Adriana Niemeyer e Lea Teixeira).

 

 

O FESTin tem como seu principal objectivo divulgar o cinema de língua portuguesa, dos 9 países que constituem os PALOP, e isso tem sido ao longo dos anos, fruto de muito esforço e dedicação por parte da organização, atingido.

 

 

O filme de abertura da sétima edição foi concebido a partir de versos de Fernando Pessoa e conta no elenco com Roberto Bonfim, Carlina Oliveira e Sandra Barsott. Foi gravado em 2014 e conta com realização de Alvarina Souza e Silva e integra a competição de longas metragens do festival.

 

 

Até dia 11 de Maio o Cinema em língua portuguesa marca presença no Cinema São Jorge em Lisboa.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6255 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.