O Festival Caminhos do Cinema Português pode ainda não saber que filmes vai exibir ou quem os irá avaliar em competição, mas de uma coisa já tem a certeza: sabe exatamente como quer encerrar a sua XXVI edição. Como e com quem. 

A iniciativa que, desde 1988, exibe “Todo o Cinema Português” conta, este ano, com os acordes dos The Twist Connection para uma cerimónia de encerramento bem diferente. Marcada para a noite de 28 de novembro, no Teatro Académico de Gil Vicente, a sessão terá como mestres-de-cerimónia Carlos “Kaló” Mendes (bateria e voz), Samuel Silva (guitarra) e Sérgio Cardoso (baixo). O trio promete colocar cinema e rock’n’roll lado a lado no mesmo palco.

À medida que o culminar deste ano atípico se aproxima, a organização do Caminhos confessa sentir que nunca a expressão “the more I look the less I know” (verso que dá início à música “Bring Me The Storm”) pareceu fazer tamanho sentido. Mas nem assim deixou de acrescentar novas incertezas à sua “tempestade”. Os The Twist Connection irão, por isso, protagonizar um conceito de cerimónia inusitado, em que é a própria banda a ritmar a cerimónia.

“Is That Real?”, o mais recente trabalho do trio, mereceu o apreço da crítica e do público. “Novas tonalidades entre o balanço bem medido e a aspereza elétrica” e “cru, enérgico, desafiante, sombrio e atraente” foram algumas das apreciações feitas ao álbum lançado na primavera deste ano. Os bilhetes já estão à venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.