Após a sua primeira edição em 2017, o Festival (in)Comum regressa à Baixa de Coimbra! A Lugar Comum – Associação de Promoção e Divulgação Cultural, em colaboração com a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra, convidam a explorar alguns dos espaços de comércio tradicional da cidade, num percurso sob o signo da música independente.

 

Integrada no programa Noites Temáticas na Baixa de Coimbra 2018, a segunda edição do Festival (in)Comum estender-se-á por dois dias, englobando showcases acústicos em diversos espaços comerciais e culturais da Baixa de Coimbra, projecções de documentários, Dj sets, um debate e um concerto.

 

Na primeira tarde do Festival, sexta-feira, 27 de Julho, uma sucessão de seis showcases acústicos (com duração média de 20-25 minutos) a cargo de Madalena Palmeirim, Momo e Time For T, orientará um percurso musical através de diversos espaços tradicionais da Baixa de Coimbra.

 

À noite, o claustro do Centro de Artes Visuais acolherá o concerto dos Cassete Pirata, que fecharão o primeiro dia de festival apresentando as suas canções pop num concerto com início previsto para as 21:30.

 

O segundo dia do Festival retomará o percurso pela Baixa de Coimbra guiado pelos showcases acústicos, com actuações de Filipe Sambado, Madalena Palmeirim, Momo e Time For T.

 

A partir das 14:30, o Café Santa Cruz receberá Carlos Ramos (director do festival Barreiro Rocks), Luís Ferreira (director artístico do festival Bons Sons e do projecto 23 Milhas) e José Miguel Pereira (responsável pela programação do Salão Brazil, Jazz Ao Centro Clube e Sons da Cidade) para uma conversa sobre programação musical (des)centralizada, os desafios e potencialidades enfrentados em cidades médias e centros históricos.

 

Após o debate, pelas 16:30, o Café Santa Cruz será o palco para o último showcase do festival, a cargo de Filipe Sambado, desta feita numa versão semi-acústica que encerrará o Festival (in)Comum 2018!

 

Ao longo de todo o festival será ainda possível assistir, no Museu Municipal de Coimbra e na loja de discos Lucky Lux, à projecção dos documentários Este Povo, Barreiro Rock City (Um guia por Nick Suave) e Long Way From Home (How did we get here?). Também durante todo o festival será possível ouvir DJ sets a cargo de artistas convidados, ao vivo no espaço da Rádio Baixa (com transmissão online em www.radiobaixa.com).

 

Todos os eventos têm entrada gratuita, limitada à lotação dos espaços.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6694 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.