Filipe La Feria sobre A Severa: “Cada cena surpreende o público e é um espectáculo que considero perfeito”

 

 

Filipe La Feria estreia a 13 de Março mais um grande espectáculo no Teatro Politeama, em Lisboa. A Severa-O Musical teve a sua primeira apresentação em palco este domingo, ‘um preview para o público’ como disse La Feria ao Infocul.

No final deste espectáculo, disse-nos ainda que “estaremos aqui de braços abertos até o público querer ver este espectáculo, que considero um dos meus melhores espectáculos de sempre”, explicando que “A Severa foi muito difícil escrever, fazer a música, tudo original, mas acho que é um espectáculo maravilhoso. Ao nível internacional não vêm melhor em Londres ou Nova Iorque e é sobretudo um espectáculo que fala da nossa história. Eu disse isso agora ao público, a grande força do teatro é falar de nós próprios, falar da história de Portugal, dar às novas gerações aquilo que nós fomos”.

Até estrear, confidenciou que “os ensaios propriamente não chegaram a dois meses, foram dois meses de grande intensidade, alguns até às cinco da manhã, mas acho que cada cena surpreende o público e é um espectáculo que considero perfeito” e que “vai ter a Anabela e a grande Filipa Cardoso que fazem duas Severas completamente diferentes mas maravilhosas”.

Sobre o orçamento para um espectáculo desta envergadura e o tempo que demorará a pagar-se, diz-nos que “demora uns quatro a cinco meses com salas esgotadas mas espero bem que um espectáculo com esta categoria…Este espectáculo vai ser visto por muitos turistas, não apenas o público de Lisboa. Ainda hoje tínhamos camionetes vindas do Alentejo todo, portanto é um espectáculo que acho que vai estar mais de um ano em cena”.

Esta história é inspirada no romance do Júlio Dantas mas é totalmente original, a música é completamente original e foi um trabalho de grande criação, grande força e aqui estamos com um grande espectáculo e de grande força em Lisboa, A Severa”, rematou.

 

Texto e Entrevista: Rui Lavrador
Fotografias: Arlindo Homem

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6262 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.