FIMUV recebe Orquestra ESART e o pianista Sergey Redkin a 04 de Junho

No dia 4 de Junho, o FIMUV recebe a Orquestra ESART e o pianista Sergey Redkin, laureado no concurso Tchaikovsky, para um concerto sinfônico.

A Orquestra Sinfónica da ESART é um projeto bem alicerçado no contexto do Curso Superior de Música, e tem merecido o apreço e reconhecimento do público um pouco por todo o país. Apresentou-se em Festivais Nacionais e Internacionais, destacando-se a “Oficina de Música de Curitiba” (Brasil), Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim, Festival Primavera (Castelo Branco), Festival Internacional de Música de Paços de Brandão e Festival Internacional de Música de Santa Maria da Feira. 

 

 

A Orquestra tem atuado sob a direcção de notáveis maestros, tais como Marc Tardue, Osvaldo Ferreira, Pedro Neves, Luís Carvalho, Omri Hadari, Martin Andre, Rui Pinheiro, Rui Massena, Pedro Carneiro, Alberto Roque, Vasco Pearce de Azevedo, entre outros. Apresentou-se com solistas como Alex Klein, António Rosado, Pedro Burmester, Teresa Menezes, Daniel Rowland, Carlos Alves, Augusto Trindade, Abel Pereira e Carolino Carreira. 

 

 

O Curso de Música da ESART detém alunos premiados em Concursos Nacionais e Internacionais, nomeadamente no Prémio Jovens Músicos, Orquestra de Jovens da União Europeia, Orquestra Mundial de Jovens Músicos, Orquestra Sinfónica do Youtube, Orquestra Mundial East and West ou o estágio Gulbenkian para Orquestra. O pianista Sergey Redkin nasceu em Krasnoyarsk em 1991. 

 

 

Iniciou os seus estudos de piano aos seis anos de idade na Music Lyceum School de Krasnoyarsk, prosseguindo os mesmos na Escola Especial de Música do Conservatório de São Petersburgo. Sergey Redkin é laureado de vários concursos tais como o III Festival para Jovens Pianistas Moscow Genrikh Neigauz (2008), 3º prémio no VIII Concurso Internacional para Jovens Pianistas Paderewski na Polónia (2010), 1º prémio no III Concurso Internacional em Helsínquia (2012) ou o 1º lugar no VI Concurso Internacional de Piano de Prokofiev em São Petersburgo (2013). 

 

 

Um grande palmarés para um músico bastante jovem. A orquestra e o pianista serão dirigidos pelo maestro Rui Pinheiro. Em janeiro de 2015, Rui Pinheiro assumiu o cargo de Maestro Titular da Orquestra Clássica do Sul. Entre 2010 e 2012, foi Maestro Associado da Orquestra Sinfónica de Bournemouth (Reino Unido) onde dirigiu mais de uma vintena de programas de concerto. 

 

 

Depois de realizar os seus estudos musicais em Portugal (piano e artes musicais) e na Academia Ferenc Liszt, em Budapeste (piano e música de câmara), concluiu o Mestrado em Direção de Orquestra no Royal College of Music, em Londres. Como maestro assistente, trabalhou com Roger Norrington, Esa-Pekka Salonen, Vladimir Jurowski e John Wilson entre outros. 

 

 

Dirige regularmente as principais orquestras portuguesas, incluindo a Orquestra Gulbenkian, a Sinfónica Portuguesa e a Metropolitana de Lisboa. A temporada passada marcou a sua estreia operática no Teatro Nacional de São Carlos , com a produção de “La fille du régiment”, de Donizetti. Internacionalmente destacam-se concertos com a Orquestra da Ópera Nacional do País Gales, a Orquestra Ion Dumitrescu (Roménia) e apresentações nos BBC-PromsPlus ou no festival Vienna “City of Dreams” (Philarmonia Orchestra). 

 

 

O concerto acontece a 4 de Junho, pelas 21:30,no Grande Auditório do Europarque em Paços de Brandão. Os bilhetes já estão à venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.