Francisco Palha actua na Nazaré e convida o “público a não perder uma corrida que será importante”

Fotografia: Rute Nunes & Carlos Pedroso

A Praça de Touros do Sítio da Nazaré recebe, no próximo dia 5 de Setembro, a segunda corrida de touros da sua temporada. Em praça estarão os cavaleiros Marcos Bastinhas, Duarte Pinto e Francisco Palha, os forcados de Santarém e Beja. Lida-se um curro de touros da ganadaria Passanha.

O cavaleiro Francisco Palha concedeu uma entrevista ao site Infocul.pt para falar sobre as expectativas para esta corrida, a preparação, a temporada que decorre de forma atípica (devido à pandemia provocada pela COVID-19) e ainda sobre a sua quadra de cavalos.

Palha começou por nos dizer que “a preparação da corrida da Nazaré, nesta temporada atípica, está a ser feita com o empenho de sempre. Ser toureiro é a minha vida , tenho a sorte de fazer o que realmente sinto e gosto e não é por a temporada ser atípica que baixo a preparação!”.

Assumiu que “graças a Deus a temporada tem estado a correr bem , como é lógico todos nós estamos pouco placeados , o que influencia um pouco , mas graças a Deus os cavalos têm estado bem e tudo tem corrido da melhor forma!”.

Francisco Palha mostrou-se, ainda, muito satisfeito com a sua quadra de cavalos, começando por regozijar-se com a “sorte de ter todos os cavalos postos por mim , o que me facilita, mas penso que graças a Deus a quadra está bem!”.

Depois, falou dos seus craques e promessas, um a um. “Os craques são todos aqueles que me dão alegrias cada vez que entram em praça , como o Roncalito , o Gingão , o Alamar ,a Duquesa, Descabello, Jaqueton, Irreal”, disse sobre os craques, antes de nos falar sobre as promessas, “que se Deus quiser e os conseguir conduzir da melhor forma podem chegar longe, que são o Lotus da Hermida (ferro da Quinta da Hermida), o Manolete (com ferro Sociedade das Silveiras , o Malmequer (que é um bisneto do famoso Temporal) e ainda a Madrugada (que é uma égua do ferro Ortigão Costa)”.

Sobre a preparação levada a cabo numa temporada atípica, devido à pandemia provocada pela COVID-19, disse que “sou profissional da tauromaquia, vivo de e para a tauromaquia, portanto com ou sem pandemia a minha segue igual , trabalho todos os dias , monto todos os dias e a preparação é diária!”

Questionado sobre o facto de pisar terrenos de risco e compromisso, confidenciou que “sinto sobretudo que esse é o terreno onde me sinto cómodo a tourear , de facto às vezes não corre bem , mas prefiro levar um toque e cair mas ir no sítio da verdade do que tourear num sítio no qual não me identifico!”.

Relativamente à corrida na Nazaré, a 5 de Setembro, explicou que “tourear na Nazaré é sempre um orgulho grande para todos, cada um tem o seu estilo e penso que cada um fará o seu melhor! Para isso nos preparamos!”, referindo-se ainda aos companheiros de cartel.

O facto de o público nazareno ser festivo e acarinhar os artistas, “aumenta responsabilidade, sem dúvida”, disse ainda.

Deixou ainda um convite aos aficionados: “Convido o público a não perder uma corrida que será importante pois conta com 3 toureiros jovens , três estilos diferentes , mas todos temos um objetivo comum que é triunfar e proporcionarmos um grande espectáculo!”.

Após Nazaré, Francisco Palha tem já confirmadas corridas no Campo Pequeno, Santarém e Vila Franca de Xira.

Nota: Entrevista realizada em parceria com o site Toureio.pt

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6768 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.