Francisco Viana: O Caixa Alfama “é um projecto de sucesso”

O Caixa Alfama terá em Setembro a sua quarta edição e a Caixa Geral de Depósitos, através do director de comunicação e marca, Francisco Viana, referiu em declarações ao Infocul que “esta é a quarta edição de um projecto de sucesso” e que “é tão bom que já faz parte da agenda de Lisboa”.

O Caixa Alfama tem vindo a afirmar-se no panorama dos festivais de musica em Portugal, conjuntamente com a promoção que tem dado ao Fado a Alfama.

 

 

Para Francisco Viana, director de comunicação e marca da Caixa Geral de Depósitos, “esta é a quarta edição de um projecto de sucesso. O projecto é tão bom que já faz parte da agenda de Lisboa, das festas da cidade, se quiser. Nós estamos muito satisfeitos do retorno que temos tido do investimento que temos vindo a fazer neste projecto de fado, da cidade e do bairro de Alfama e da portugalidade do fado e da marca Caixa. Portanto, o que temos vindo a fazer, nesta que é a quarta edição. Fizemos a segunda edição do Caixa Ribeira, do mesmo projecto. Fizemos o Caixa Luanda no ano passado e vamos fazer novamente este ano. Este é um projecto que tem ajudado a trabalhar a marca Caixa. Nós temos resultados, da consolidação que as pessoas têm pela marca, quer com tudo aquilo que tenha a ver com a identificação e preferência da marca. Isto tem ajudado a trabalhar atributos numa marca centenária e muito valiosa como é a Caixa. É um activo muito grande na marca Caixa Geral de Depósitos. Temos vindo a melhorar na obtenção e fidelização de clientes. Os estudos dizem isso. E também na actividade enquanto marca. O Caixa Alfama tem sido um progresso importante nesse processo. Há quem ainda tenha a ideia errada sobre aquilo que é a marca Caixa. Uma marca quando está no naming de um festival tem que tratar as pessoas como pessoas e não ter um discurso unidimensional. Portanto, nós temos surpreendido pelas activações que fizemos. Este ano, eu não vou estar aqui a revelar muita coisa pois deixa de ser surpresa, vamos continuar a surpreender aqui. O cartaz é fortíssimo! É um projecto muito português, muito Caixa”.

 

 

Os clientes da Caixa Geral de Depósitos, usufruem de “ 10% de desconto. Para além das pessoas poderem aceder ao nosso site onde há passatempos que os habilitam a bilhetes, também podem, se quiserem, no parcelamento dos nossos cartões habilitarem-se a bilhetes. Qualquer cliente Caixa pode participar. Basta apresentar o cartão no Museu do Fado e ai têm 10% de desconto nos bilhetes” refere Francisco Viana.

 

 

A quem quiser ir ao Caixa Alfama, Francisco Viana relembra que “isto é mais do que fado. Isto é toda a beleza da cidade de Lisboa. É um festival diferente de todos os outros. Não é um festival montado num sítio qualquer. Isto é um sítio belíssimo que recebe um festival muito português e inovador porque contamos atrair novos talentos e novas formas de cantar fado. Vê-se pela população que lá vai com imensa gente nova a ir ao Caixa Alfama. Este é um projecto inconfundível em Lisboa, em Setembro”.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6411 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.