Gala de Natal da Escola Portuguesa de Arte Equestre homenageou Beethoven e marcou reforma do cavalo Que-Jago

Celebrou-se o Natal e homenageou-se os 250 anos do nascimento de Ludwig van Beethoven, na Gala de Natal da Escola Portuguesa de Arte Equestre realizada, esta sexta-feira, no Picadeiro Henrique Calado, em Lisboa.

A Escola Portuguesa de Arte Equestre celebrou esta quadra festiva, mesmo em ano de dificuldade extrema para todos nós, com uma gala em que a, habitual, classe, elegância, destreza, técnica e nobreza, de cavaleiros e cavalos, foram acompanhadas de parte da inclassificável e extraordinária obra de Ludwig van Beethoven.

Este espectáculo contou com um programa dividido em 7 momentos (Cavalo à Solta; Passo de Dois; Rédeas Longas; Picaria Real; Jogos de Corte; Solo; Carrossel), cada um deles acompanhado por parte da obra de Beethoven, numa selecção feita pelo musicólogo Bruno Caseirão.

A Escola Portuguesa de Arte Equestre tem a importante missão de promover o ensino, a prática e a divulgação da arte equestre tradicional portuguesa.

Esta noite marcou também a reforma do cavalo Que-Jago, com 23 anos, num momento muito aplaudido e de reconhecimento. Que-Jago, nasceu a 4 de Abril de 1997.

Fotografias de Tomás Carvalho

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6805 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.