uhf-2

 

Os UHF subiram ontem a palco no Hard Club no Porto para apresentarem o mais recente EP “Noites à Flor da Pele”.

 

 

Se a carreira dos UHF continua a ser uma das mais marcantes da música moderna portuguesa, à beira dos 40 anos consecutivos, há discos cujo estatuto o tempo engrandece. É o caso dos LP “À Flor da Pele” (1981), primeiro álbum do grupo, e “Noites Negras de Azul” (1988), do final da década. Curiosamente, cada um dos LP incluía 3 singles de sucesso e 2 canções tribais: “Rapaz Caleidoscópio” e “Sonhos na Estrada de Sintra”.

 uhf-3

 

Antecipando o concerto, a nota de imprensa referia ainda que “acresce aos alinhamentos os temas inéditos que foram editados em single, e canções que nunca foram tocadas em palco: “(Vivo) na Fronteira” (1981), lado B do single “Rua do Carmo”; “Noite Dentro” e “Quem Irá Beber Comigo (desfigurado)” (1981),  do single oferta com os primeiros 12.500 discos do “À Flor da Pele”. “Foi no Porto” (1993) e “Cavalos de Corrida” (1980)”.

 uhf-5

 

O fotógrafo Filipe da Silva Coelho apresenta-nos algumas das melhores fotografias do concerto de ontem.

uhf-6

 

uhf-10     uhf-12

uhf-15     uhf-17

uhf-19

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6327 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.