Galo Cant’às Duas lançam single “Marcha dos que voam”

Galo Cant'às Duas

 

A “Marcha dos que voam” é o “cartão-de-visita” do disco “Os Anjos Também Cantam”, lançado pela Blitz Records e distribuído pela prestigiada Sony Music Entertainment, o primeiro trabalho discográfico do duo oriundo de Viseu (Castro Daire) que se destacou pelo virtuosismo das suas performances ao vivo. 

 

 

O Galo Cant’Às é uma ideia de Gonçalo Alegre e Hugo Cardoso. O duo pisca o olho ao pós-rock e ao space rock. Riffs graves são repetidos e o uso dos loops facilita a que uma outra nuance seja determinante no som do duo. A criação de camadas de som  tornam este mais intrincado, complexo e multifacetado.

 

 

Ao contrário dos Memória de Peixe, que fazem uso do loop como método de aglomeração de riffs que acabam por culminar numa explosão de guitarras em duelo de espadas, a percussão de Hugo Cardoso e os instrumentos de cordas de Gonçalo Alegre têm no acumular das camadas de som o seu trunfo para moldar uma vibe mais atmosférica e cerebral da banda.

 

 

Após 9 meses de composição e estrada, Hugo Cardoso e Gonçalo Alegre resolvem gravar “Os Anjos Também Cantam”, o disco de estreia de Galo Cant’às Duas.  

 

Deste álbum é de destacar o uso dos verbos nos títulos: “Os Anjos Também Cantam”, “Marcha dos que Voam” e “Respira” deixam bem vincada a intenção dos Galo Cant’Às Duas de convidarem o ouvinte a fazer parte da acção do disco. 

 

 

No tema “Respira” os nossos ouvidos são “deliciados” por um contrabaixo a fazer lembrar uns saudosos Raindogs, que a juntar ao estado de espírito ambiente desta composição nos trazem o momento mais psicadélico do disco.

 

 

Estes temas fazem do álbum de estreia uma experiência, uma viagem temporal, do passado ao futuro. Pela “capa”, ou neste caso pelo nome do duo, poderíamos ver uma alusão a elementos mais tradicionais, com uma expressão aparentemente tão familiar e quase conservadora do duo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.