Instrumentos inusitados marcam o making of do single de Almir Chiaratti

almir-divulgac%cc%a7a%cc%83o-barbanjo_reis_4

 

O making of da canção “Terceiro Turno”, gravado no estúdio Camelo Azul, no Rio de Janeiro, traz instrumentos inusitados, como o som do carrinho de brinquedo ou de uma panela. O uso destes elementos transformam o tema produção para recordar. 

 

 

A música traz como temática a polêmica situação política no Brasil. A letra de forte conteúdo político reflete as tensões políticas vívidas no Brasil no mês de Agosto, período em que o país vivia tensões políticas em relação ao afastamento definitivo da Presidente da República, Dilma Rousseff.

 

 

Estou muito satisfeito com o resultado que geramos e com as experimentações que a gente fez. Por exemplo, gravar um carrinho que eles têm no estúdio foi um elemento inesperado. Estávamos na primeira sessão, de percussão, resolvendo algumas questões de arranjo e o carrinho estava lá decorando a mesa da técnica. Eu mexi nele e gostei do que ouvi. Pedi pros meninos do estúdio abrirem um microfone e fui pra sala de gravação tirar alguns sons do carrinho. Acabou ficando muito legal e usei em alguns momentos da música“, explica o compositor, Almir Chiaratti.

 

 

Esta canção conta com as participações do violinista da banda Baleia, Felipe Pacheco; o saxofonista Mateus da Silva, que já gravou com Almir em “Bastidores do Sorriso” e a supervisão dos corais e vozes com o regente Vitor Damiani. 

 

Almir aparece no violão, bandolim e divide os arranjos de percussão com Eduardo Rezende, músico convidado para gravar e dar vida ao groove da música. Já a mixagem do tema foi feita por Luiz Felipe Netto e a masterização é de Luiz Tornaghi.

 

 

O vídeo de Almir Chiaratti mostra o processo de produção e composição da faixa e foca na parceria entre o músico e os responsáveis pelo estúdio, Sérgio Carvalho e Barbanjo Reis. A curta mostra como foi o processo de transformação da música, da ideia ao som, em menos de dois meses. 

 

 

O making of da canção “Terceiro Turno” tem cinco minutos e está disponibilizado no canal oficial de Almir no YouTube.

 

Fotografia: Barbanjo Reis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.