Japão tradicional e contemporâneo em destaque no Museu do Oriente

O Japão antigo e o contemporâneo estão em destaque no Museu do Oriente.

 

A 14 de Abril, pelas 18:30, tem lugar a inauguração de HINODE – Obras de Arte Japonesas Tradicionais e Contemporâneas, um conjunto de cem obras de 80 artistas da actualidade.

 

 

Entre fotografia, escultura, pintura a óleo, caligrafia, poesia, cerâmica, desenhos a tinta-da-china e sumi-ê, os trabalhos em exposição testemunham o encontro de duas grandes influências: a estética tradicional nipónica e a experimentação contemporânea. A exposição pode ser vista de Terça-feira a domingo, das 10:00-18:00. À sexta-feira o horário prolonga-se até às 22:00, com entrada gratuita a partir das 18:00. À segunda-feira a exposição está encerrada. O preço é de 6€.

 

 

No domingo, 17 Abril, às 17:00, tem lugar a conferência-demonstração sobre shamisen de Tsugaru, com o músico e compositor Kenichi Yoshida.

 

 

Variante local de um dos instrumentos de cordas mais importantes da música clássica japonesa, a expressividade e intensidade do shamisen de Tsugaru configuram protagonismo e reconhecimento internacionais ao músico. Esta conferência-demonstração dá a conhecer a sua longa história, desde as origens no seio da comunidade de artistas itinerantes da província de Tsugaru até à evolução técnica e estilística que conheceu desde o início da era Meiji. Kenichi Yoshida vai apresentar e interpretar este instrumento, cuja sonoridade é hoje sinónimo da tradição musical nipónica. Em tournée pela Europa, Kenichi Yoshida vem, pela primeira vez, a Portugal, como Enviado Cultural da Agência para os Assuntos Culturais do Governo do Japão. A entrada é gratuita.

 

 

O Japão é o destaque do Museu do Oriente durante o mês de Abril.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.