casados-de-fresco1

 

No Lounge D do Casino do Estoril, João Gil e Ana Mesquita protagonizaram um espectáculo diferente, aliando as conhecidas músicas do compositor à “arte digital” desenvolvida pela artista. 

No âmbito do Festival Internacional da Cultura, João Gil e Ana Mesquita fundiram as suas artes num só. Casados desde 2009, estes artistas encontraram na música e na arte a forma perfeita de conjugar as suas paixões, traduzindo isso num espectáculo agradável a todos os níveis. 

 

 

Numa noite dedicada à música, os artistas presentearam os espectadores com um concerto diferente, onde as famosas músicas do compositor apareciam acompanhadas de um “vídeo-wall” gigante. Cada música, com a sua história. Enquanto o compositor entoava temas como “Loucos de Lisboa”, “125 Azul”, “Postal de Correios” ou “Rosa Albardeira”, a artista improvisava diferentes desenhos com o seu “I-Pad”, dando cor e movimento a todas as canções.  

 

 

Numa empatia visível entre ambos, estes “casados de fresco” (nome escolhido para o espectáculo) foram, cada vez mais, interagindo com o público e contaram ainda com a participação do jovem quintento, “Gilletes”. As jovens cantoras trouxeram uma animação vibrante a esta agradável noite e ajudaram a fechar com chave de ouro. 

 

 

Por trás, a cada “tempo morto”, o ecrã gigante mostrava sempre a mesma mensagem: “amar-te assim”. 

 

 

Numa noite em que todas as emoções giraram em torno do amor, a noite não podia acabar de outra maneira. Em jeito de despedida, e num agradecimento entre artistas e público, os protagonistas encheram “esta sala-de-estar” e cantaram em uníssono “Perdidamente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.