John Legend volta com “Darkness and Light”

John Legend

 

“Darkness and Light” é o nono álbum de John Legend, cantor que ficou conhecido mundialmente pelo tema “All Of Me”. Neste novo trabalho, possivelmente o mais contestatário de sempre na carreira do cantor, colaboraram “Chance the Rapper”, Brittany Howard e Miguel.

 

 

“Darkness and Light” contém 12 temas, cada um com uma média de 3 minutos, onde podemos sentir a veia mais romântica de John Legend em temas como “Love Me Now” (onde as vozes de apoio estão distorcidas, o riff do piano é que dá o tom à música que poderia ser utilizada como parte da banda sonora de um filme de princesas da Disney ou de um vídeo sobre animais fofinhos no Youtube), “I Know Better” (tema de abertura deste disco) ou “Right By You”, onde o cantor presta homenagem à filha pequena, Luna, e reflecte sobre o futuro da mesma e como será a relação delas.

 

 

Ao longo de 45 minutos somos presenteados com músicas que nos aquecem o coração e que, num momento ou noutro, nos fazem reflectir sobre o que está a acontecer actualmente no mundo, como é o caso de “Penthouse Floor”. Este é o segundo tema deste disco e o primeiro interpretado em colaboração com um artista convidado, “Chance the Rapper”. Esta música é, possivelmente, a mais dançável de todas as que compõe “Darkness and Light”, muito devido ao hip-hop assertivo que é acompanhado por uma guitarra gritante, o que coloca um tom mais tenso à canção.

 

 

O terceiro tema de “Darkness and Light” é aquele que dá o título a este álbum. Nesta música John Legend junta-se a Brittany Howard para nos levarem ao céu com esta canção que é do melhor que a música pop Internacional nos pode apresentar.

 

 

Em “Overload” John Legend junta-se a Miguel para cantar um tema bem doce, possivelmente um dos mais doces de todo o disco mas que é apimentado em algumas ocasiões pela voz quente de Miguel.

 

 

“Same Old Story” é uma música que está baseada nos vocais de Legend. O músico opta por um estilo algo folk para apresentar este tema ao público. Já em “Marching into the Dark” e a juntar aos poderosos vocais de Legend podemos encontrar uma guitarra em ebulição e uma melodia que nos relembra que os sonhos só morrem no dia em que o sonhador morrer.

 

 

A sexta música é “What You Do to Me”. Este tema começa num crescendo até que o beat fica mais sólido com a introdução das guitarras que se apoderam do palco principal numa explosão de som que termina para dar novamente lugar à tranquilidade e à reflexão que a letra da música nos pede e a voz de John Legend nos obriga.

 

 

“How Can I Blame You” fala sobre encontros falhados e aqui a voz de John Legend traz algum sofrimento, o que nos faz acreditar que até ele sofreu por amor.

 

 

Quando acabamos de escutar o álbum de John Legend, e fazendo jus ao título do mesmo, sentimos que a escuridão acabou e que uma nova luz chegou para iluminar os nossos dias. É o disco ideal para os fãs de Legend.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.