Jorge Palma: “Só” é talento e genialidade ao vivo em estado puro!

palma

 

O Grande Auditório do Centro Cultural de Belém encheu-se ontem, 28 de Novembro, de público até às galerias para ver e ouvir Jorge Palma “Só” com o piano. O artista soltou o génio que lhe é reconhecido e durante mais de duas horas viajou pelos seus maiores sucessos havendo ainda espaço para o improviso.

 

 

 

Passavam já alguns minutos da 21:00, hora marcada para o inicio do espectáculo, quando as luzes do Grande Auditório se apagaram. Um compasso de espera que durou cinco minutos e que criou no público uma ansiedade combatida com aplausos ritmados e gritos de “Jorge anda lá”…e Palma lá veio.

 

 

No centro do palco um piano e um génio. Tudo podia acontecer. E Jorge Palma ofereceu tudo e o que de melhor tem. Parecia uma criança a quem tinham oferecido o presente mais desejado, quando olhava para a sala cheia de público que não lhe negava aplausos.

 

 

Numa sucessão de êxitos que parecia inesgotável, Jorge Palma foi colocando o público ao rubro com “Terra dos Sonhos”, “Deixa-me rir”, “Canção de Lisboa”, “Estrela do Mar”, “Bairro do Amor”, “Jeremias”, “Frágil” ou “Só”, o tema que dá nome ao disco que agora comemora 25 anos de edição e que e assume como um dos mais importantes da musica portuguesa.

 

 

Por entre estórias que foi contando sobre o seu percurso e a composição dos temas, Jorge Palma anunciou também que está neste momento a preparar temas para um novo disco, “até porque já é altura” de voltar a gravar, como referiu com boa disposição, soltando mais um sonoro aplauso.

 

 

Atrás de si e do piano, foram passadas várias imagens ao longo do espectáculo, da autoria de André Tentugal que iam dando maior intensidade aos temas. O público gostava do que via e ouvia e Jorge Palma sacou mais um êxito “A gente vai continuar”, antes de interpretar Beethoven.

 

 

Num encore exigido pelo público através de aplausos tempo para ouvir homenagem a Cohen, ouvirmos “Mi Fá” ou ainda um “Amor Digital” num espectáculo em que se viu o que de melhor Jorge Palma tem para oferecer. É dos artistas mais geniais que Portugal conhecerá e os seus concertos são obras de arte guardados na memória de quem assiste!

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6682 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.