Jorge Pinheiro é o vencedor do Prémio Amadeo de Souza-Cardoso

cartaz_pasc_2017

 

 

Jorge Pinheiro, formado em pintura pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto, é o grande vencedor da 11ª edição do Prémio Amadeo de Souza-Cardoso (PASC). A este prémio concorreram 356 artistas com 623 obras, tendo sido selecionados 24 artistas e 30 obras. O Prémio Amadeo de Souza-Cardoso será entregue até ao fim do mês de Setembro.

 

 

 

Este prémio foi atribuído extraconcurso com o intuito de consagrar a carreira do artista. A Câmara Municipal de Amarante vai adquirir uma das obras de Jorge Pinheiro, até aos 25.000,00€, e realizar uma exposição das suas obras no Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, com catálogo apropriado.

 

 

 

Jorge Pinheiro começou a trabalhar nos anos 60. O seu trabalho apresenta aspectos únicos no panorama contemporâneo português, particularmente pelo domínio de distintas linguagens e registos em que se destacam a abstração geométrica e a figuração de uma matriz mais classicizante.

 

 

 

No trabalho que produz, para além de ser bastante original, Jorge Pinheiro apresenta um aprofundado conhecimento dos padrões e arquétipos académicos, o que faz com que deixe um grande legado na arte ocidental.

 

 

 

A obra de Jorge Pinheiro apresenta várias referências à literatura, cinema, artes visuais e geometria. Este amplo leque de possibilidades de criação artística fez com que o trabalho deste artista plástico ganha-se um lugar único na arte portuguesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.