José Macedo Tomás: “Estou certo que vamos triunfar e inclusive vamos estrear novos forcados”

O Grupo de Forcados de Coruche terá um compromisso de grande responsabilidade durante a Feira Taurina das Ganadarias do Sorraia, a 16 e 17 de Agosto, na qual irá pegar em solitário, nas duas corridas de touros que decorrerão na Praça de Touros de Coruche.

A pandemia reduziu os treinos técnicos, mas o grupo tem colmatado a diminuição da preparação técnica com uma maior preparação física. Relativamente à união do grupo, aspecto que caracteriza os grupos de forcados, o grupo de Coruche recorreu às tecnologias para manter o contacto entre todos os elementos do grupo e desta forma preservar o espírito de grupo e manter a motivação dos elementos.

O grupo de forcados de Coruche tem também usado as tecnologias para comunicar com os aficionados. É o grupo mais dinâmico nas redes sociais e José Macedo Tomás, o cabo do grupo explicou-nos o segredo.

A nossa mensagem tem um grande alcance e um feedback muito positivo. Muitas vezes o que fazemos é adaptar trabalhos de outras áreas (desporto, artes…) à realidade da Tauromaquia, assim como fazemos crítica social mas na maioria das vezes o que fazemos é anunciar ou relatar as actividades do grupo de uma forma mais apelativa do que é, ou era, habitual na Tauromaquia“, disse-nos.

Fazemos-lo com recurso a imagens e vídeos profissionais, muitas vezes com um toque de humor. Temos um grupo de “criadores” constituído por actuais e antigos elementos e até por algumas pessoas que nunca envergaram a jaqueta mas que acompanham o Grupo. Este grupo está em constante brainstorming de onde saem as ideias que posteriormente são editadas de forma profissional por designers que contratamos“, acrescentou.

O feedback desta “nova forma de divulgação” tem sido muito positivo, pois além de aproximar o grupo aos aficionados, permite que os promotores das corridas ao contratar o Grupo de Forcados Amadores de Coruche estão a potenciar a divulgação do seu espectáculo.

Para os dois espectáculos em Coruche, o cabo transmitiu-nos confiança nos seus homens.

Não sentimos responsabilidade acrescida por pegarmos dois dias consecutivos, em solitário, em Coruche. Estamos em casa, com o nosso público, no passado já pegámos oito toiros numa corrida só“, explicou.

Só nos deixa um pouco ansiosos, o facto de ser a primeira actuação depois de mais de dez meses sem pegar, devido ao defeso e ao calendário taurino ter sido reduzido esta temporada, mas estou certo que vamos triunfar e inclusive vamos estrear novos forcados“, rematou.

Recordamos os cartéis de Coruche:

 

Assim, no dia 16 actuam os cavaleiros Francisco Palha e Manuel Telles Bastos, frente a touros das ganadarias Veiga Teixeira e António Silva.

No dia 17, actua António Ribeiro Telles frente a touros das ganadarias Vale Sorraia, Lopes Branco, Cunhal Patrício, David Ribeiro Telles. Neste dia, o seu filho, António Telles filho, apresenta-se de casaca, lidando um touro oferecido pelo seu pai.

Sónia Batista

Sónia Batista iniciou a sua formação na escrita taurina na revista luso-espanhola Ruedo Ibérico em 2004 e desde aí procurou formação na área, em Portugal e Espanha. Ao longo dos anos colaborou com quase toda a imprensa taurina nacional e tem-se especializado na imprensa taurina internacional. Iniciou o seu percurso internacional no burladero.com em 2010, passando por vários órgãos de imprensa espanhóis até chegar em 2013 à prestigiada revista 6TOROS6, a qual considera a maior escola da escrita taurina.

Sónia Batista has 21 posts and counting. See all posts by Sónia Batista

Sónia Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.