Julio Iglesias apresenta “México & Amigos”

Julio Iglesias - México & Amigos - capa álbum

 

O Novo disco de Julio Iglesias, “México & Amigos”, é uma homenagem que o conhecido cantor espanhol faz a este país da América do Norte, tendo em 1976 já gravado o disco de tributo a este local que foi tão importante na sua carreira. O primeiro single deste disco é “Júrame”, um dueto composto por Maria Grever e que canta ao lado de Juan Luis Guerra.

 

 

Para além do cantor também podem ser encontrados os duetos com o tenor Plácido Domingo (“Fallaste Corazón”), Joaquín Sabina (canta “Y Nos Dieron Las Diez”), Pablo Alborán (canta “Amanecí En Tus brazos”), Andrés Calamaro ( canta “Juan Charrasqueado”), Júlio e Diego Torres (canta “Usted”), Thalía (canta “Quien Será”), Eros Ramazzotti (canta “La Media Vuelta”), Mario Domm (canta “Se Me Olvidó Otra Vez “), Sin Bandera (canta “Ella”) e Omara Portuondo (canta “Échame a mi la culpa”) são os nomes que se juntaram ao cantor romântico.

 

 

“México & Amigos”, que foi lançado a 05 de Maio, é a primeira gravação de duetos que o lendário artista Julio Iglesias lança na sua carreira de 49 anos. O artista latino mais bem-sucedido de sempre continua na linha da frente do universo musical.

 

 

Este disco é dedicado a todos os notáveis compositores que, geração após geração, encheram as nossas vidas de amor, nostalgia, memórias e momentos que, após todos estes anos, permanecem nos nossos corações. Quis fazer este álbum com todo o meu respeito e admiração. Também quero agradecer a todos os artistas que colaboraram neste álbum, pelo seu amor e talento único. O meu amor e gratidão para sempre”, diz Julio Iglesias.

 

 

Este álbum saiu um ano e meio após o lançamento de “Mexico”, álbum que atingiu a marca multiplatina.

 

 

O México é um país que eu gosto muito. O povo mexicano proporcionou-me muitos momentos indeléveis na minha vida. Conheço este país como se fosse a minha pátria e tenho-o sempre presente na minha alma. A música Mexicana é universal e os seus compositores são lendários”, afirma o músico sobre a ligação que tem com o México. Julio Iglesias renova as suas profundas ligações ao México, interpretando cada tema com a paixão que só ele sabe transmitir. Sendo uma homenagem aos compositores mexicanos, o álbum inclui 12 faixas com um toque único mexicano e a voz inconfundível do cantor, desta vez, acompanhado de super estrelas latinas que dão o seu toque especial a cada tema.

 

 

Com este álbum, a discografia de Julio Iglesias ultrapassa os 82 álbuns desde 1968, o que perfaz um total de 59 anos repletos de sucessos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.