Junho é o mês do teatro em Sines

Em Junho, a população de Sines e Porto Corvo vão ter a oportunidade para conhecer novas companhias e expressões teatrais, com a terceira edição do programa: “Em Junho Há Teatro em Sines”. Este ano serão apresentadas seis peças em diversos registos mas com um tema dominante: as relações humanas.

O programa começa no dia 4 de Junho, às 22:00, no auditório do Centro de Artes de Sines, com o espetáculo “Les Rois Fainéants”, pela Cia. Cocotte, de Barcelona, criação colectiva de Joan Cusó inspirada no trabalho da companhia Les Deschiens e no cinema de Jacques Tati. O bilhete custa 5 euros.

 

 

No dia 9 de Junho, às 22:00, a companhia Baal17, de Serpa, vai a Porto Covo apresentar “Uma Menina Bem Guardada”, comédia-vaudeville do século XIX, onde o autor, Eugéne Labiche, brinca com os costumes da burguesia da época. A entrada é livre.

 

 

A 11 de Junho, às 22 horas, há um novo espetáculo no Centro de Artes de Sines. “O Último dos Românticos”, pela Comuna, é uma peça com texto original de Neil Simon adaptado e encenado por João Mota. Carlos Paulo, Margarida Cardeal, Maria Ana Filipe e Maria Vieira interpretam a peça. A entrada custa 5 euros.

 

 

No dia 18, às 22:00, no auditório do Centro de Artes de Sines, o “clown” italiano Paolo Nani apresenta “La Carta”, uma comédia que explora a mesma história recriando-a de 15 formas diferentes, com inspiração livre em “Exercícios de estilo”, do escritor Raymond Queneau. O bilhete custa 5 euros.

 

 

A 24 de junho, pelas 22 horas, ainda no Centro de Artes, é a vez da Casear subir à cena, com “Gente Muito Perto”, espetáculo construído a partir de histórias de casais que responderam ao repto da companhia e partilharam as suas experiências de “ficar muito perto de alguém”. A entrada custa 5 euros.

 

 

Finalmente, nos dias 25 e 26 de Junho, também no auditório, realizam-se os espetáculos finais das Oficinas de Teatro do Mar, “EntreLaços”, com sessões às 15:00 e sessões-extra às 16:30. Abordam-se temáticas levadas às sessões pelos alunos: o bullying, a autoestima e a entreajuda.

 

 

Até 26 de junho, a exposição “Teatro do Mar: 30 Anos a Criar”, alusiva aos 30 anos de atividade da companhia Teatro do Mar, sedeada em Sines, pode ser visitada no Centro de Exposições do Centro de Artes, todos os dias, entre as 14:00 e as 20:00.

 

 

O programa “Em Junho Há Teatro em Sines” é uma iniciativa da Câmara Municipal de Sines realizada em parceria com a Mostra Internacional de Teatro de Santo André, que ajuda a trazer a Sines cinco dos seus seis espetáculos. As entradas podem ser reservadas no balcão do Centro de Artes de Sines.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.