A Lugar Comum apresenta um Festival (in)Comum na Baixa de Coimbra

incomum

 

 

 

A Lugar Comum apresenta um Festival (in)Comum na Baixa de Coimbra, no dia 28 de Julho, para explorar alguns dos espaços de comércio tradicional da cidade. Os espaços mais tradicionais de Coimbra vão receber alguns dos nomes mais interessantes e emergentes no panorama da música independente em Portugal, em showcases acústicos e irrepetíveis, dj sets e projecções de documentários.

 

 

Entre as 11:00 e as 19:30, o Museu Municipal de Coimbra e a loja Lucky Lux vão acolher a projecção de documentários em que a música independente é o ponto de partida. Os documentários que vão ser projectados são: “I Love My Label – A Edição Independente em Portugal” (uma série de documentários em torno de editoras discográficas portuguesas) e

 

 

“Um Quarto no Éter” (que surgiu a propósito dos 25 anos de emissão em FM da Rádio Universidade de Coimbra (RUC).

 

 

Entre as 11:00 e as 19:00, a música independente far-se-á também ouvir através de uma playlist com curadoria da Lugar Comum, disponível para escuta em vários espaços da Baixa de Coimbra (Be51, Banana Chiclete, Café Santa Cruz, Cavalinho, Chronospaper, Decorações de Coimbra, Gang of Four, Loja da Laura, Margem d’euforia, Miss Curvy Lingerie, Pet & Tea). Nestes espaços, com uma app de leitura de QR Codes, será possível descarregar a playlist e levá-la para escuta durante os percursos pelas ruas da Baixa. Por Coimbra vão passar: Alek Rein, Marco Luz, Rita Braga, O Senhor Doutor ou Valter Lobo.

 

 

Durante o jantar, na Praça do Comércio, ou a fechar a noite, no Largo da Portagem, o dia 28 de Julho incluirá dois dj sets de Emanuel Botelho ( que enquanto passou por diversos espaços e eventos um pouco por todo o país, reinventando há pouco mais de um ano o seu alter-ego como Cosmonauta17, na sequência do arranque das emissões regulares de L’Espace (Vodafone FM).

 

 

O dia de música independente na Baixa de Coimbra culmina com a estreia em Coimbra do norte-americano Matt Kivel, que actuará no CAV / Centro de Artes Visuais pelas 22:00.

 

 

 

O acesso ao Festival (in)Comum é de acesso gratuito mas limitado à lotação de cada espaço. Este evento é co-organizado pela Lugar Comum e a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra, com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra e Rádio Universidade de Coimbra e a colaboração do CAV / Centro de Artes Visuais, A Escola da Noite e Antena 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.