Mais de 40 concertos e 300 artistas no V Festival de Música de Marvão

 

 

 

Pelo quinto ano consecutivo, a música clássica vai ser rainha em Marvão. O Festival Internacional de Música de Marvão (FIMM) realiza-se de 20 a 29 de Julho e apresenta um recorde de artistas portugueses, entre os mais de 300 artistas de mais de 20 nacionalidades.

 

Durante dez dias, Marvão, Portalegre, Castelo de Vide, que se estreia no FIMM, e Valencia de Alcántara (Espanha) abrem as portas ao maior festival de música clássica em Portugal. Ao todo serão mais de 40 concertos, alguns gratuitos e para toda a família, que vão animar a histórica vila do norte alentejano.

 

 

 

Nesta edição, o Castelo de Marvão enche-se de gala para receber o concerto de abertura que vai contar com a Orquestra Estatal de Atenas, em estreia em Portugal, dirigida pelo maestro alemão e criador do festival, Christoph Poppen, e conta ainda com a soprano Juliane Banse e a violinista Veronika Eberle. Santo António das Areias, Galegos, Escusa, Quinta dos Olhos d’Água, Cidade Romana de Ammaia, Portalegre, Castelo de Vide e Valencia de Alcántara também fazem parte do roteiro de actuações artísticas do FIMM.

 

 

 

Para celebrar a quinta edição com toda a pompa e circunstância, os artesãos marvanenses, partindo de uma ideia do professor Domingos Bucho, criaram uma nova peça de artesanato que imortaliza Marvão e o Festival Internacional de Música de Marvão. Um maestro a dirigir uma miniorquestra vai passar a ser uma das imagens do município raiano, já imortalizada em barro e que vai marcar a edição deste ano.

 

 

Aproveitando o cenário magnífico que envolve o FIMM, a organização espera receber este ano mais de 8 mil visitantes, alcançando um novo recorde, neste que é o maior festival de música clássica que se realiza em Portugal. Além da música clássica, há também fado, cante alentejano e um Piquenique Musical para 400 pessoas, com menu a cargo do Chef portalegrense José Júlio Vintém.

 

 

 

Pela primeira vez, durante os dias do Festival, haverá um espaço onde os pais podem deixar as suas crianças enquanto os pais assistem aos concertos. O Espaço para Crianças “Coração Delta”, com o apoio do Grupo Nabeiro/Delta Cafés, tem actividades lúdicas e de entretenimento.

 

 

 

O festival é organizado pela Marvão Music, associação sem fins lucrativos sediada em Marvão, e co organizado pelo Município de Marvão, e conta com apoio de mecenas como o BPI | Fundação “La Caixa”, a Sotheby’s Portugal, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o grupo Ageas Portugal.

 

 

 

A organização vai também disponibilizar para download, brevemente, uma app FIMM (para Android e iOS), que permitirá a todos os visitantes acederem a conteúdos privilegiados e informações úteis, como localizações dos concertos, programação completa, informações de última hora, descontos, entre outros.

 

 

 

Pela primeira vez, a organização garante transporte gratuito de Lisboa para Marvão para portadores de bilhete para o FIMM, nos dias 20, 21, 28 e 29 de julho.

 

 

Este festival, o maior de música clássica que se realiza em Portugal, nasceu pelas mãos do conceituado maestro alemão Christoph Poppen. Depois de um passeio de bicicleta perto de Marvão, a poucos quilómetros da fronteira, o maestro ficou rendido à vila muralhada. Dona de uma beleza única e inserida num cenário magnífico, só lhe faltava uma coisa: música!

 

 

 

O Festival Internacional de Música de Marvão nasce em 2014 e tem vindo a crescer ano após ano, tornando-se rapidamente no maior e mais aclamado festival de música clássica em Portugal.

 

 

 

Desde a sua primeira edição, o FIMM tem vindo a receber cada vez mais visitantes e traz a Portugal alguns dos maiores nomes da música clássica a nível mundial, brindando a vila alentejana com concertos únicos num cenário de cortar a respiração.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6322 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.