Marco Oliveira apresentou no Museu do Fado “Amor é água que corre”

arrowarrow


Marco Oliveira apresentou esta quarta-feira, 25 de Maio, o seu mais recente disco, “Amor é água que corre” no Museu do Fado em Lisboa.

Depois de em Janeiro ter actuado num Pequeno Auditório do CCB cheio, Marco Oliveira apresentou no Museu do Fado o seu segundo disco, “Amor é agua que corre”, que sucede a “Retrato” editado em 2008.

 

 

Contando com a presença de muitos fadistas como Teresa Siqueira, Teresinha Landeiro, Rodrigo ou Joana Amendoeira, entre outros, o músico subiu a palco pouco passava das 21:00 abrindo o espectáculo com um instrumental em que mostrou a sua qualidade com a viola.

 

 

“Gaivotas em terra” de António dos Santos foi o primeiro tema em que se pôde apreciar a voz de Marco Oliveira. O multifacetado artista conta com uma voz que nos transporta da antiguidade para o contemporâneo, ou seja, a voz de menino tem na sua essência a alma dos fadistas de outrora e que marcaram gerações. Aliás por diversas vezes Marco Oliveira faz referência a nomes de uma geração mais antiga e que são para si referências, como por exemplo Fernando Maurício.

 

 

Entre outros temas interpretou ainda “Fado à janela” e o tema que dá nome ao disco “Amor é agua que corre”. Pelo meio um dos momentos da noite sucedeu-se com a chamada a palco do também fadista António Rocha. Brindou-nos com uma irrepreensível interpretação de “Resposta fácil” para depois em dueto com Marco Oliveira nos brindar com um momento em que duas gerações se complementaram harmoniosamente.

 

 

Uma noite em que após anunciar o último tema, o público “obrigou” Marco Oliveira a cantar ainda mais um pouco, pedido ao qual o artista acedeu.

 

 

Colocação de voz, sentimento, classe e uma afinação perfeita são algumas das ferramentas que fazem dos concertos de Marco Oliveira momentos únicos e que merecem ser apreciados.

 

 

Para além de intérprete, Marco Oliveira é também instrumentista e compositor. Actua assiduamente na Casa de Fados Maria da Mouraria e em breve apresentaremos aqui entrevista com o artista em que será revisitado o seu percurso e também o seu mais recente disco.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6333 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.