João de Sousa/Infocul

 

 

 

A Praça de Touros do Campo Pequeno recebeu, esta quinta-feira, uma emotiva homenagem a Joaquim Bastinhas.

Em praça os cavaleiros João Moura e Marcos Bastinhas e o matador espanhol Cayetano Rivera Ordónez. Frente a touros Varela Crujo, Actuaram ainda os Forcados Amadores de Portalegre e Chamusca.

Antes da corrida, e após as cortesias, procedeu-se a uma homenagem a Joaquim Bastinhas com o descerramento de uma lápide, da empresa Campo Pequeno, por parte de Helena Nabeiro Tenório e a entrega de lembranças dos dois grupos de Forcados à viúva de Joaquim Bastinhas. Tudo isto no centro da arena e com todos os intervenientes da corrida ali presentes.

João Moura começou por cravar dois compridos, num início de lide morno. Perante oponente manso e que se deixou lidar mas sem investir, Moura esteve correctíssimo no desenho das sortes e no momento da reunião. Terminou com um palmito cravado à segunda, após uma primeira passagem em falso. Boa lide perante fraco oponente. Ricardo Almeida, pelos Amadores de Portalegre, pegou ao segundo intento. Volta para cavaleiro e forcado.

Marcos Bastinhas veio para triunfar e motivos não faltavam para tamanho querer. Recebeu o touro à porta gaiola e crava um segundo ferro comprido de boa nota. Nos curtos elevou o nível da actuação, perante um touro que se deixou tourear, destacando-se uma brega a duas pistas, numa lide cheia de garra. Três bons curtos e a terminar com par de bandarilhas e apeando-se do cavalo. Tal como o seu pai terminava as lides. Francisco Borges, pelos Amadores da Chamusca, pegou ao segundo intento. Volta para cavaleiro e forcado. Marcos deu ainda uma segunda volta a pedido do público.

Cayetano fez a sua estreia no Campo Pequeno e a mesma foi positiva mas sem deslumbrar. Vistoso e estético com o capote, destacou-se em alguns passes por ambos os pitons na muleta. Os bandarilheiros estiveram francamente mal no tercio de bandarilhas. Volta para o matador.

João Moura esteve em tom positivo na segunda lide. Após receber touro em sorte gaiola, desenvolveu uma lide baseada em bem desenhadas reuniões e a rematar bem as mesmas. A espaços esteve bem na brega. João Fragoso, pelos Amadores de Portalegre, pegou ao segundo intento. Volta para cavaleiro e forcado.

Marcos Bastinhas recebeu o seu oponente cravando em sorte gaiola e desenvolveu posteriormente uma lide ritmada, por vezes com demasiada velocidade, mas com sortes bem desenhadas, ferros bem cravados e a a rematar a preceito. Terminou com par de bandarilhas e apelando-se novamente da montada. A destacar a sua excelente quadra de cavalos. Bernardo Borges, pelos Amadores da Chamusca, pegou ao primeiro intento. Volta para cavaleiro, ganadeiro e forcado. Notar que touro foi aplaudido na recolha. Marcos deu ainda uma segunda volta de agradecimento, mais o forcado, em lágrimas.

Cayetano toureou o último touro desta noite. Sem chama no capote, viu os bandarilheiros estarem competentes no tercio de bandarilhas. Na muleta começou de joelhos em terra e por derechazos, elevando o nível da faena por ambos os pitons e com bonitas séries. Volta para o matador espanhol.

O cavaleiro Marcos Bastinhas saiu em ombros, por ter dado duas voltas em cada touro.

A destacar que a porta grande justifica-se pelas duas voltas em cada touro, embora a atribuição destas seja discutível. A noite seria sempre bonita para Marcos Bastinhas! Não era necessária a porta grande! Realçar ainda que na primeira lide de Cayetano a atribuição de música não se entende e que no último touro, também numa lide de Cayetano, pecou por ter sido atribuída tardiamente.

Corrida dirigida por Ricardo Dias, assessorado por Jorge Moreira da Silva.

Campo Pequeno não esgotou a sua lotação, ficando-se pelos dois terços de lotação preenchidos.

Reportagem Fotográfica

AQUI

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6222 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

2 thoughts on “Marcos Bastinhas abre Porta Grande do Campo Pequeno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.