Meet Vincent Van Gogh: 22 meses de trabalho até chegar a Portugal e orçamento de 1 milhão de euros

MEET VINCENT VAN GOGH EXPERIENCE

Foi esta tarde apresentada à imprensa a exposição ‘Meet Vincent Van Gogh’ que estará no Terreiro das Missas, em Belém, a partir de amanhã.

Na apresentação marcaram presença Paulo Dias, director da UAU, Adriaan Dönszelmann, director-geral do Museum Van Gogh, Rita Pinho Branco, directora de comunicação e marketing da Associação Mutualista Montepio e Willem Van Gogh, sobrinho bisneto de Vincent Van Gogh.

UAU: 22 meses a trabalhar no projecto até chegar a Belém

Paulo Dias, director da UAU, revelou ao Infocul.pt que “nós temos praticamente dois anos a trabalhar neste projeto, não chega bem a dois anos, são 22 meses de trabalho até chegarmos aqui ao Terreiro das Missas, em Belém”.

Destacou que “desde a procura do espaço até às alterações de espaço, até a espaços fechados e até à decisão da tenda, com o apoio do Ministério da Cultura, da Câmara Municipal de Lisboa e do Senhor Presidente, porque no fundo estamos aqui em frente ao Palácio de Belém, foram precisas uma série de autorizações para que isto pudesse acontecer, mas depois de termos decidido foi também fácil, toda a gente agarrou o projecto de braços abertos e as autorizações necessárias acabaram por acontecer”.

Paulo Dias recordou-nos como decidiu avançar para aquele que considera um dos grandes projectos , na celebração dos 30 anos da UAU.

O Museum Van Gogh anunciou que ia ter um projecto itinerante, nós candidatamos-nos e eles escolheram-nos como uma das empresas europeias para fazer e neste momento vamos fazer Portugal, mas em cima da mesa estão mais algumas cidades europeias”.

Convida o público a “vir ver pela óptica da simplicidade, o áudio guia é uma coisa fantástica, obriga-te a viajar pela exposição, e não tens de estar preocupado com botões, ou seja, o objectivo disto é colocar os telefones no bolso, vir fazer fotografias e fazer aquilo que normalmente não se faz numa exposição, ou seja, a historia do por favor toca é o mote do sucesso deste projecto, poder-se tirar fotografias dentro da exposição e isso torna tudo mais fácil”.

Explica que “toda a experiência dentro da exposição é feita pelo wirelesse o investimento é “aproximadamente do 1 milhão de euros, até 31 de Maio, e vamos ver como vai correr, porque todas estas estruturas são complicadas de manter, são equipas muito grandes, mas com a ajuda dos sponsors fez com que isto baixasse um pouco, mas continua na casa de 1 milhão de euros e é aquilo que nós procuramos passar que precisamos de passar 150.000 pessoas no nosso projecto, dá uma média de 800 a 1.000 pessoas por dia

EXPERIMENTAR, DESCOBRIR E FAZER!

Ao longo do percurso são recriados os principais locais da vida do pintor, como o café Le Tambourin, em Paris, o hospital de Saint-Rémy onde esteve internado, a Casa Amarela em Arles ou o seu famoso quarto, que através de diversas projecções, filmes e fotografias permitem o aprofundamento do conhecimento da vida de Van Gogh. Existem, neste sentido, diversos pontos interactivos que desafiam o visitante a testar as suas capacidades artísticas aplicando as técnicas desenvolvidas pelo pintor.

Tecnologicamente inovadora, Meet Vincent van Gogh tem também diversos postos multimédia onde é possível recriar o estilo das pinceladas de Van Gogh, “restaurar” os seus quadros, estudar a ciência por trás das obras de arte, tornando-se quase um curador do museu, ou descobrir a influência que a obra deste artista tem ainda na actualidade.

Para toda a família, esta experiência disponibiliza a cada visitante áudio-guias gratuitos, em versão infantil e adulta, através dos quais o artista, seus amigos e família revelam excertos da sua vida, retirados da vasta correspondência que o pintor manteve ao longo da vida com os que lhe eram queridos. Para os mais pequenos, há ainda uma Caça ao Tesouro, um emocionante desafio à sua atenção e capacidade de apreensão de detalhes da vida e obra de Van Gogh.

POR FAVOR, TOQUE!

Em Meet Vincent van Gogh fazemos parte da vida e dos trabalhos mais famosos do pintor. Não há limites! Puxe uma cadeira e sente-se à mesa com os Comedores de Batata ou suba ao monte de feno, em Arles. Numa recriação em tamanho real, tire uma selfie no quarto de Van Gogh, ouça as histórias por trás das obras e toque na tinta da sua paleta. Ao longo do trajecto, projecções de tirar o fôlego e um áudio-guia gratuito fornecem informações detalhadas sobre Van Gogh.

MEET VINCENT VAN GOGH

SEIS GALERIAS INSPIRADAS NA VIDA DE VINCENT VAN GOGH

INTRODUÇÃO

Através de vídeo e materiais visuais, os visitantes são apresentados à família de Vincent e ao Museu Van Gogh.

CAMPO DE TRIGO

O barulho de um tiro ecoa sobre o campo de trigo do Norte de França onde Vincent disparou sobre si próprio. Uma projecção imersiva transporta os visitantes através de flashbacks dos seus primeiros anos de vida.

ARTISTAS EMERGENTES

Desde a Holanda rural às ruas de Paris, os visitantes poderão sentar-se à mesa do “The Potato Eaters”, ou do Café Tambourin, em Montmartre, vivenciando o início da sua vida artística e as suas lutas na época.

ARLES

Cores, sons e cheiros da paisagem de Provence rodeiam os visitantes para uma experiência interactiva e multissensorial, como se estivessem com Vincent em Arles.

O QUARTO

Os visitantes entram numa recriação em tamanho real do famoso quarto de Van Gogh e podem tirar fotografias sentados, por exemplo, na sua cama.

A CASA AMARELA

A fachada da Casa Amarela, o estúdio de Vincent na Place Lamartine, em Arles, surge, imponente, aos visitantes. No interior, ocorre uma cena dramática com um jogo de sombras e uma instalação artística.

JOGO DE SOMBRAS

Em jogo de sombras, Van Gogh dialoga com Gaugin. Na Casa Amarela, a acesa discussão decorre perante os visitantes, viajando por sentimentos como a esperança e a decepção. Esta é a discussão que marca a separação dos dois amigos.

DOENÇA E CRIATIVIDADE

Os visitantes percorrem os corredores do asilo, explorando a luta de Vincent pela sua recuperação. Através da projecção e do som são conduzidos para St. Remy e, depois, de volta aos campos de trigo, como se a história de Vincent completasse um ciclo.

SUCESSO

Meet Vincent van Gogh termina na “vida” do artista após a morte, demonstrando a enorme fonte de inspiração que ainda é e que se verifica em diferentes vertentes culturais um pouco por todo o mundo. Da moda à arte pop, pelo cinema e pelo teatro, Van Gogh é hoje um dos mais proeminentes artistas de sempre.

A partir de 28 Fevereiro 2020

Belém | Terreiro das Missas

2ª a 5ª e Domingos das 10:00 às19:00

6ªs e Sábados das 10:00 às 20:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.