MEO Sudoeste apresenta as novidades da edição de 2016

Em 2016 o MEO Sudoeste atinge o marco histórico das 20 edições. Desde a primeira edição em 1997 que, a cada mês de agosto, a pacata vila da Zambujeira do Mar recebe a imensa comunidade de milhares de festivaleiros que se reúne em torno da Música para celebrar o verão, o Sol, a praia, o convívio e a partilha entre amigos, num ritual que se transmite de geração em geração.

A ‘Tribo’ do MEO Sudoeste regressa à Herdade da Casa Branca em 2016 para fazer a festa da 20ª edição com grandes estrelas internacionais como Sia, Wiz Khalifa, Martin Garrix, Damian “Jr. Gong” Marley, Steve Aoki ou Seu Jorge, e também uma seleção de luxo da música portuguesa como Virgul, Diogo Piçarra, Kura, a curadoria dos Orelha Negra, NBC, entre tantos outros, dos mais consagrados aos nomes emergentes.

 

 

O novo Palco EDP trará a energia da dança para o Festival e as festas temáticas no MOCHE ROOM “Circus Edition” serão o final perfeito das noites no recinto.

 

 

Jimmy P é a mais recente confirmação para o cartaz do Palco MEO, um dos nomes maiores da nova geração de músicos nacionais que tem corrido Portugal de norte a sul com o seu incrível “Essência”. Vai atuar a 7 de agosto, a última noite do Festival. Os talentosos DJs angolanos Darcy e Callas completam o cartaz da Noite de Receção ao Campista.

 

 

O novíssimo Palco EDP é a grande novidade da programação do Festival, trazendo para o MEO Sudoeste a energia da dança. Juntando dança ao hip-hop, com banda residente, este promete ser um dos espaços mais quentes do MEO Sudoeste, com programação a anunciar brevemente.

 

 

Ao longo de 9 dias a Herdade da Casa Branca transforma-se na “casa da Tribo” e, do recinto ao campismo, a cada ano há novidades e melhorias para uma enorme celebração e cada vez maior conforto dos festivaleiros. Da Tecnologia aos Serviços, sem esquecer as preocupações Ambientais e a Responsabilidade Social, as mudanças ao longo das 20 edições de MEO Sudoeste são evidentes, e 2016 não será exceção:

 

 

O MEO Sudoeste é o primeiro Festival a ter um tarifário próprio. Disponível para novos e atuais clientes MEO por 19,99€/mês, oferece um passe de 5 dias, no valor de 95€ e com direito a 9 dias de campismo grátis, 3GB de Internet e 500min/SMS para todas as redes nacionais.

 

 

São 15 hectares de cobertura WiFi, disponível em todo o recinto, incluindo o Campismo. A qualquer hora, em qualquer lugar, será possível partilhar os melhores momentos, pesquisar informação, ver os vídeos dos artistas que vão atuar e estar em contacto com o mundo, com as mesmas condições de acesso que o MEO WiFi possibilita nos seus mais de 1100 Hotspots MEO WiFi Premium, com capilaridade nacional.

 

 

Disponível para todos os clientes MEO, a nova app de TV permite comprar bilhetes, acompanhar a evolução do cartaz, ver os perfis dos artistas e recordar a edição de 2015. Tudo isto acessível através da área MEO Apps do menu MEO ou do botão azul do comando MEO. A mesma app está também disponível numa versão mobile, acessível em qualquer equipamento móvel.

 

 

Este ano, os pontos de carregamento, que se distribuem pelo recinto e o campismo, serão aumentados em mais de 30% relativamente a 2015 e com um acréscimo significativo de espaços à sombra.

 

 

Em 2015, o LG Cool Spot tornou-se um dos espaços mais concorridos do Campismo do MEO Sudoeste com o seu serviço de lavandaria. Em 2016 o serviço será reforçado, mas a grande novidade deste espaço serão as sessões de cinema ao ar livre. Em parceria com o MEO, todos os dias, em horário e sessões a anunciar, o cinema chegará ao campismo do MEO Sudoeste.

 

 

“Não precisas de vir com a mochila carregada, o Continente Online entrega-te as compras no MEO Sudoeste”. Este ano ninguém precisa ir carregado para o MEO Sudoeste. Outra das grandes novidades do Festival é que todos podem fazer as suas encomendas online antes de sair de casa, e recolhê-las à chegada ao Campismo. Para além disso, todos os dias poderão ser feitas encomendas que serão entregues com o maior conforto no recinto do Festival.

 

 

Já ninguém vive sem a Cozinha Teka no MEO Sudoeste, reforçada novamente este ano com ainda mais micro-ondas e placas vitrocerâmicas.

 

 

Os fins de tarde no Canal, a praia fluvial do MEO Sudoeste, são desde 2015 mais animados, ao som da boa onda das Milaneza Parties. A funcionar logo desde dia 30 de julho e com a vigilância de nadadores salvadores certificados, não há desculpa para não chegar à Herdade da Casa Branca logo no primeiro dia.

 

 

Os momentos AXE nas baterias de chuveiros do MEO Sudoeste são já uma tradição, transformando o ritual diário num momento verdadeiramente único e imperdível.

 

 

Com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos, em 2016 o MEO Sudoeste contará novamente com caixas multibanco, tanto no recinto como no campismo.

 

 

Visando mobilizar todos os festivaleiros para o não desperdício, será colocado espaço no recinto para que todos possam depositar os excedentes alimentares secos e enlatados, que serão canalizados para instituições locais indicadas pelo Banco Alimentar.

 

 

Será mais uma vez criada uma mecânica fun para a recolha voluntária de resíduos, como forma de consciencializar os festivaleiros para a importância da reciclagem.

 

 

Há já várias edições que o MEO Sudoeste conta com o trabalho conjunto com a Ambilital para a recolha e tratamento selectivo dos resíduos do Festival. Este ano, esse trabalho será facilitado. Proteger o ambiente, reduzindo os resíduos espalhados pelo Festival, é o objectivo dos novos copos reutilizáveis Super Bock personalizados com a imagem do MEO Sudoeste. A mecânica é simples No momento de consumo da primeira cerveja será solicitado o valor simbólico de 2€, não se tratando de uma venda, mas sim de uma “caução” que poderá ser recuperada no fim do evento, caso pretenda, o copo poder guardado como recordação.

 

 

Com o contributo da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o MEO Sudoeste é cada vez mais um Festival para todos. Para além do Palco Santa Casa que materializa o apoio à Música Portuguesa e cuja programação foi já anunciada, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desenvolve no MEO Sudoeste serviços e ações de cariz social e de sensibilização:

 

 

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa assegura a supervisão do Espaço Criança, com animadores e voluntários da instituição que recebem crianças dos 6 aos 12 anos para que se possam divertir, enquanto os pais assistem aos concertos. •Camping reservado a alunos de estabelecimentos tutelados pela Santa Casa

 

 

Apoio e acompanhamento ao público com mobilidade reduzida, desde a sua chegada até às plataformas reservadas em cada palco

•Divulgação da Campanha Mergulho Seguro no Canal do MSW

•Ações de sensibilização para o Cancro da Pele e Testes de Alcoolemia

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6702 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.