Miguel Ramos e Cristina Nóbrega levam o Fado ao Lounge D do Casino Estoril

É já na próxima Quarta-Feira, 8 de Junho, pelas 22 horas, que Cristina Nóbrega e Miguel Ramos sobem ao palco do Lounge D para protagonizar mais um espectáculo dedicado ao fado no Casino Estoril. Com um enquadramento intimista, esta dupla de intérpretes será acompanhada por Diogo Lucena Quadros e Bernardo Romão, nas guitarras, e Luis Roquette, na viola. A entrada é livre.

Cristina Nóbrega descobriu o fado aos 20 anos quando frequentava a faculdade. Cantou, ocasionalmente, para amigos em reuniões e casas de fado. Em 2007, editou o seu álbum de estreia, “Palavras do meu Fado”, no qual interpreta poemas de autores como, por exemplo, Pedro Homem de Mello, David Mourão-Ferreira, Ary dos Santos ou Luís de Camões. Foi premiada, em Maio de 2009, pela Fundação Amália Rodrigues, com o prémio “Amália Rodrigues, 2009”.

 

 

Cristina Nóbrega editou, em 2014, dois álbuns: “Um Fado Para Fred Astaire”, que conta com um tema inédito “Las Cenizas de Mis Canciones” onde canta em dueto com a viva Cubana Omara Portuondo, voz dos Buena Vista Social Club, e o CD+DVD “Cristina Nóbrega Live at Mosteiro dos Jerónimos”.

 

 

Miguel Ramos nasceu em Lisboa, a 18 de Março de 1976, no seio de uma família de fadistas. Acompanhou, desde muito novo, o seu pai, Vitor Ramos, quando este tocava em várias casas de fado de Lisboa. Apoiado pela família, iniciou, aos 14 anos, a sua carreira como fadista na casa de fado “Os Ferreiras”. Em 1994, fez a sua primeira gravação em cassete com a editora “gravisom” acompanhado à guitarra por José Manuel Neto, à viola por Vital da Assunção (neto do Professor Martinho da Assunção), no Baixo por Vitor Ramos e na guitarra midi por Gentil Ribeiro. 

 

 

Como Fadista, Miguel Ramos, foi convidado a cantar para as Comunidades Portuguesas em diferentes países como, por exemplo, França, Holanda, Bélgica e Estados Unidos da América. Com um percurso versátil, integrou, durante dois anos, o elenco da peça de teatro “Amália” de Filipe La Féria. Posteriormente, aceitou o convite do poeta e encenador Tiago Torres da Silva para participar na peça de teatro “Casa de fados”, que esteve em cena no Teatro Villaret. Miguel Ramos foi, também, convidado por Jorge Fernando para fazer parte do CD “100 Anos de Fado”.

 

 

Em Junho, as noites de fado prosseguem no Lounge D do Casino Estoril que propõe, ainda, mais três espectáculos a não perder: Diana Vilarinho e Filipe Duarte sobem ao palco no dia 15 e, posteriormente, Margarida Bessa e José da Câmara serão os grandes protagonistas no dia 22. Gonçalo Castelbranco e Matilde Cid encerram o ciclo a 29 de Junho.

 

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos. 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6260 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.