arrowarrow


O Casino Lisboa recebeu ontem o grupo alentejano Monda, que trouxeram até Lisboa o cante alentejano acompanhado por sonoridades da world music. Uma junção extraordinariamente conseguida.

 

O concerto ontem dos Monda levou um fluxo de público superior ao habitual do que acontece nos concertos do Arena Lounge e a actuação da banda provou merecer esse reconhecimento do público.

 

 

Pegando no cancioneiro alentejano os Monda dão o seu cunho pessoal acrescentando arranjos musicais e sonoridades contemporâneas que em nada belisca a tradição e a natureza do cante, apenas e só o torna ainda mais bonito.

 

 

Boa noite Lisboa, Somos os Monda. Viemos até esta sala para mostrar o que é o Cante Alentejano numa outra perspectiva” disse Jorge Roque.

 

 

Do repertório apresentado fizeram parte temas como “Mocho”, “Diz a laranja ao limão”, “Menina que andas no campo”, “Fui-te ver”, ou “Erva Cidreira”. Mas uma das surpresas da noite aconteceu quando interpretaram “Adeus Maria até quando” com Katia Guerreiro que se encontrava na plateia. Um momento magistral, em que o cante se juntou com uma das mais belas e poderosas vozes do fado.

 

 

O público aplaudiu efusivamente cada tema e do piso 0 ao piso 3 havia muitas pessoas nos varandins apreciando o cante, aplaudindo e claro tirando as habituais fotografias para recordação futura ou para colocar nas redes sociais.

 

 

“Lindo ramo”, “Vai de centro ao centro” (em coro com o público), “Verão”, “João Brandão”, “Só uma pena me existe” e “Portel estás satisfeito” completaram o alinhamento de um espectáculo que terminou com “Fui-te ver” e perante ovação bastante prolongada e sonora.

 

 

A destacar ainda que a acústica do Area Lounge ontem esteve muito boa, conseguindo-se ouvir na perfeição em qualquer um dos pisos.

 

 

Os Monda editam o seu disco de estreia a 02 de Junho e são constituídos por Jorge Roque na viola e voz, Pedro Zagalo nos teclados e Herlander Medinas no contrabaixo, sendo que ontem tiveram ainda Tiago Oliveira (Polo Norte) na guitarra.

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6323 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.