“Moura”, o disco mais vendido de 2016 começa 2017 no 1.º lugar do top de vendas

ana-moura1

 

“Moura”, o 6.º álbum de originais de Ana Moura continua a sua senda de sucesso, seguindo as passadas de “Desfado”, o seu antecessor e ainda detentor do título do disco mais vendido da última década, em Portugal.

 

 

Editado em novembro de 2015, “Moura” está há 58 semanas consecutivas no TOP nacional de vendas tendo atingido recentemente o galardão de Tripla Platina e fechado 2016 como o disco mais vendido do ano. Quase seis dezenas de semanas depois, “Moura” inicia 2017 como o disco mais vendido da semana, voltando ao nº1 da tabela.

 

 

“Moura” foi reeditado em novembro de 2016 com dois novos formatos. O Super Deluxe (2CDs  2DVDs) que inclui, para além do álbum original, um CD e um DVD com a gravação do concerto no Coliseu do Porto, captado por André Tentúgal. Contém ainda um segundo DVD com o documentário produzido pelo Observador, captado durante a TOUR MOURA, com imagens inéditas de bastidores e entrevistas a todos os intervenientes daquela que foi a maior tour de Ana Moura pelo país.

 

 

Em simultâneo, física e digitalmente, encontra-se disponível o formato com um duplo CD, que ao álbum “Moura” junta o CD ao vivo no Coliseu do Porto.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6448 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.