Museu do Oriente apresenta uma arte milenar em objectos do quotidiano

Museu Oriente

 

Em Março e Abril o Museu do Oriente vai organizar um conjunto de workshops de origami onde os participantes vão poder criar objectos do quotidiano, utilitários ou decorativos. 

 

 

Quem já construiu um origami, teve decerto a oportunidade de voltar a desdobrar a folha e ficar maravilhado com o desenho do esquema que a preenche, revelador da geometria em funcionamento por trás deste padrão de linhas. O workshop “Origami e a Matemática” acontece no dia 25 de Março, às 10:15 e contextualiza o uso da ciência dos números na história do origami, convidando à construção de modelos representativos. A entrada para está oficina de origami custa 20€.

 

 

Há no dia 30 de Março, às 15:00, e partindo de diagramas tradicionais e modernos, uns simples, outros mais elaborados, desafiam-se os participantes a dobrarem caixas em origami para ajudar na organização da casa ou do seu espaço de trabalho, no workshop “Caixas de Arrumação em Origami”. Esta oficina é para maiores de 16 anos e a inscrição custa 20€.

 

 

O Museu do Oriente dá as boas-vindas à Primavera com o workshop “Hanami Matsuri com Origami” (08 de Abril, 10:15). No Japão, é tradição apreciar o desabrochar das flores, em particular as sakura, ou flores de cerejeira. 

 

 

Durante o período de floração, que varia entre final de Março e início de Maio, realizam-se festas que se prolongam noite dentro, num convívio centrado na contemplação das sakura. Com uma simples folha de papel, sem colagens, nem recortes, os participantes são convidados a celebrar a Festa da Cerejeira em Flor (Hanami Matsuri), com dobragens de modelos festivos, como o prato de festa flor de cerejeira, a flor de ameixoeira da autoria de Minako Ishibashi, um tabuleiro de festa e um kusudama com pétalas da Tomoko Fuse. Esta oficina é para maiores de 16 anos e a inscrição custa 10€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.