Museu do Oriente vai celebrar o Dia da Família com muita música e flores

Solistas da Metropolitana

 

Em antecipação ao Dia Internacional da Família, que acontece no dia 15, o Museu do Oriente vai encher-se de actividades no fim-de-semana de 13 e 14 de Maio. Oficinas para todas as idades e um concerto dos Solistas da Metropolitana vão ser algumas das actividades que poderão ser feitas no local durante estes dois dias.

 

 

A manhã de sábado, dia 13 de Maio (repetindo-se a 27), inicia-se com “Espelho Meu”, uma oficina dramatizada. Quem é aquela pessoa que nos mira do outro lado do espelho? Parece-se connosco! Na sua companhia, traçamos um mapa das nossas características, para melhor nos conhecermos. Esta oficina é dirigida a famílias com bebés de 1 e 2 anos, esta actividade alia a componente teatral à diversidade de estímulos e ao desafio à participação. A entrada é de 4€ por participante, adulto ou criança.

 

 

A parte da tarde é dedicada aos agradáveis e delicados aromas dos perfumes. Pensada para crianças dos 6 aos 12 anos, a oficina “Perfumes e Companhia” sugere uma viagem olfativa pela sua história e usos, do Oriente ao Ocidente. Das perucas aromatizadas no Antigo Egipto aos incensos votivos dos templos budistas no Japão, até às cortes europeias, onde se destaca a francesa. Vamos percorrer tudo de nariz afiado um mosaico de odores, entre especiarias, resinas, plantas e flores. Esta oficina repete no dia 27 de Maio e o preço é de 5€ por participante.

 

 

No domingo, dia 14 de Maio (repetindo no dia 28),às 11:00, a oficina “D. Manuel e o elefante” convida famílias com crianças a partir dos 5 anos a descobrir o exótico presente que o rei português ofereceu, a quem se destinou e a sensação que causou na sua época. No final, cada família terá nas suas mãos, para levar para casa, um colorido e simpático paquiderme. A entrada é de 4€.

 

 

Às 15:00, a oficina “Brincando com o Belo”, que é uma parceria com a Fundação Moa, desafia pais e filhos (dos 6 aos 12 anos) a interrogar o que entendemos por beleza e onde a encontrar. No espaço privilegiado do Museu, recheado de coisas belas, vamos procurar flores e outras formas naturais de inegável beleza e criar arranjos florais, inspirados no princípio da cultura japonesa de unir o belo da natureza com o belo da arte.

 

 

Um pouco mais tarde, pelas 17:00, sobe a palco a mestria dos Solistas da Metropolitana com interpretações de trios de Beethoven e Brahms para clarinete, piano e violoncelo, num espectáculo para toda a família, de entrada gratuita. A entrada é gratuita (mediante levantamento do bilhete no próprio dia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.