A Praça de Touros do Sítio da Nazaré recebeu, este sábado, a segunda e última corrida da sua temporada.

Em praça, os cavaleiros Marcos Bastinhas, Duarte Pinto e Francisco Palha frente a touros da ganadaria Passanha.

Actuaram, também, os Forcados Amadores de Santarém e Beja.

Marcos Bastinhas abriu a noite com uma actuação positiva mas sem romper rumo ao triunfo. Bem na brega, um excelente ferro curto e a culminar a actuação com o habitual par de bandarilhas, em terrenos interiores.

Duarte Pinto levou a cabo uma actuação com forte destaque na brega, escolha de terrenos acertada e num toureio clássico. Uma actuação positiva e que agradou ao público, destacando-se 3 curtos de boa nota.

Francisco Palha lidou, na verdadeira acepção da palavra, um touro que lhe colocou algumas dificuldades. O cavaleiro soube, através da resiliência, colocar em prática o seu conceito de toureio e pisar terrenos de compromisso, destacando-se dois curtos de excelente nota. Não se livrou de alguns toques na montada.

Marcos Bastinhas teve uma segunda lide de qualidade superior à primeira. O cavaleiro apostou numa brega de qualidade e vistosa, soube escolher bem os terrenos e cravou com correcção. Uma lide com marca Bastinhas, terminando com um par de bandarilhas, saindo apeado da arena. Destaque para o bandarilheiro Gonçalo Veloso pela forma eficiente e bonita como recebeu o touro.

Duarte Pinto esteve em plano de muito mérito, frente a um bom touro Passanha. O cavaleiro esteve seguro e com uma brega de muitos quilates, boa escolha de terrenos e cravagens ajustadas. Na terra da afición festiva, Duarte triunfou com elegância e classe.

Francisco Palha arriscou e conseguiu colocar em erupção o vulcão da Nazaré. Uma lide toda baseada em cravagens a pisar terrenos de compromisso. Uma actuação em crescendo e com 3 cravagens curtas de excelente nota, sendo de realçar que teve algumas passagens em falso.

Pelos Amadores de Santarém, foram à cara Francisco Cabaço (2ª tentativa), Francisco Paulos (1ª tentativa) e Manuel Almeida (1ª tentativa).

Pelos Amadores de Beja, foram à cara Luís Eugénio (4ª tentativa), Francisco Patanica (2ª tentativa) e Tiago Graça, que dobrou José Fialho, à sua primeira tentativa, após duas tentativas do colega que saiu lesionado.

A Praça de Touros do Sítio da Nazaré registou boa afluência de público, de acordo com as novas directivas das entidades de saúde.

Corrida dirigida por José Soares, assessorado por José Manuel Lourenço.

Texto: Rui Lavrador
Fotografias: Rute Nunes e Carlos Pedroso

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6771 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.