Niki Moss fez o álbum sozinho, mas foi acompanhado pelo público do Super Bock em Stock

D.R.

O artista português Miguel Vilhena, apresentou-se no Cinema de São Jorge (sala 2), no dia 22 de Novembro, sobre o pseudónimo de Niki Moss.

Apesar de a sala não se ter encontrado totalmente lotada, a juventude foi a mais predominante no público do compositor.

Ao longo do espectáculo, foram apresentados temas do seu disco “Gooey”, lançado este ano.

Acompanhado por uma banda , iniciou o seu concerto com o tema “The Bend of the World”, após o qual pediu ao público para se aproximar do palco para “melhor curtir a cena”.

Num alinhamento coeso, o compositor tocou temas como “Watching the Piant Dry” e “ Standing in the Dark”, o que permitiu ao público “viver o momento”, ao som de um rock alternativo.

Continuou o seu concerto com os singles “Soylent Green” e “Avalanches”.

Falou sobre as boas recordações de Savanna, neste palco, e para relembrar “os bons velhos tempos” decidiu tocar um tema da sua banda, que neste momento se encontra “parada”.

Após um momento psicadélico, decidiu experimentar perante o público presente um novo tema “Live a Little”, do qual foi revelado o seu lançamento para o início de 2020. A sonoridade do tema não é fora do comum do repertório anterior do artista.

De seguida foram apresentados os temas “Brainman” que fala sobre “um homem dentro das nossas cabeças”, e “GP Motorcycle Racing”, que é principalmente inspirada em Valentino Rossi.

O concerto teve na sua generalidade um bom ambiente, mas o eco presente na sala de cinema não contribuiu para a melhor sonoridade.

Mariana Nave

Em Fevereiro de 2019, começou a trabalhar com o projecto Infocul.pt, sendo este também o primeiro projecto com que colabora. Apesar de ainda não ter um longo percurso, continua a trabalhar sempre com o objectivo de melhorar as suas capacidades no ramo da comunicação social.

Mariana Nave has 30 posts and counting. See all posts by Mariana Nave

Mariana Nave

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.