Nuno Casquinha promove treino de salão com jovens e espera “que seja um dia feliz para estes meninos!”

Foto: Nuno Almeida

No próximo sábado, dia 22 de Agosto, o matador de touros Nuno Casquinha promoverá um treino de salão com crianças, com idades compreendidas entre os 7 e os 15 anos.

O matador de touros aproveita uma temporada atípica, devido à pandemia provocada pela COVID-19, para promover uma maior proximidade com os seus seguidores mais jovens e ao mesmo tempo passar alguma da sua experiências e histórias do seu percurso às crianças que almejam fazer carreira no mundo da tauromaquia.

O matador concedeu uma entrevista ao Infocul.pt, na qual abordou esta iniciativa e quais os objectivos da mesma.

Começou por nos explicar que “será um treino de salão, pelo menos nesta primeira edição. Quiçá em próximas já poderíamos conseguir tourear algumas bezerras e mais algumas ideias que temos em mente”.

Explicou que “num treino de salão tentamos aperfeiçoar a técnica e a estética, de modo a que os movimentos saiam da forma mais automática e natural, na praça ou num tentadero. No treino de salão não há vacas nem toiros, um toureiro “faz de toiro” com os pitons, enquanto o outro toureia e vice-versa”.

Esta ideia está na minha cabeça já há vários anos, mas entre tantas viagens, entre Perú e Europa, não havia tempo para programar algo assim. Agora que tenho estado aqui mais tranquilo, amadureci a ideia e disse: agora é o momento!“, frisou

Aos mais jovens, explica que “nestas idades, creio que as características que devem ser mais trabalhadas, são a humildade, aceitar as críticas, porque sempre haverá positivas e negativas”, reforçando que “neste ano tão complicado”, espera “poder transmitir-lhes força e que saibam que tudo é possível quando se acredita nos nossos sonhos”.

Recordou que “comecei a tourear desde muito pequeno, concretamente aos 8 anos fiz a minha apresentação em público. Embora tendo coudelaria em casa, a minha paixão sempre foi o toureio a pé”, reforçando que “não sei explicar porquê, mas desde menino sempre tive a certeza que conseguiria ser matador de toiros. Era uma intuição muito forte, que mesmo nos momentos mais difíceis que posteriormente passei, nunca me abandonou”.

Disse-nos que na altura em que era miúdo, gostava que os matadores de touros da altura tivessem feito iniciativas destas.

Foi precisamente por essa razão que agora decidi partilhar com os mais pequenos as minhas experiências e também contribuir de alguma forma para que o entusiasmo destes pequenos continue vivo”, porque recorda que “não cheguei a participar em algo semelhante, quiçá esse facto ainda me deu mais força para agora organizarmos algo assim. Gostaria que tivesse havido uma iniciativa deste tipo”.

O seu maior objectivo é que “realmente desejo que seja um dia feliz para estes meninos!

O conselho mais importante que posso dar no próximo sábado aos miúdos, penso que seja, como referi anteriormente, que lutem sempre pelos seus sonhos, que tenham paciência e fé, a vida recompensa quem se esforça”, contou-nos.

Para este dia, 22 de Agosto, explicou-nos que os miúdos “precisam somente de levar roupa cómoda para treinar, fato de treino de preferência e se tiverem algum capote ou muleta, também levar”, sendo que “a inscrição é totalmente gratuita”.

Deixa uma nota de extrema importância: “É obrigatório o uso de máscara, quer ao jovem quer ao seu acompanhante. Apenas será permitido um acompanhante por criança, devido às regras de distanciamento social“.

Informa que esta iniciativa será “no próximo sábado dia 22 de Agosto, às 16h, o encontro está marcado na praça de toiros da Chamusca e daí seguiremos para o tentadeiro”.

Para preparar esta iniciativa, “o maior desafio sem dúvida é que os miúdos, depois da tarde que vou partilhar com eles, vão para casa mais apaixonados e entusiasmados por esta arte”, mas realça que “espero conseguir esse objectivo!”.

Nesta iniciativa, desde o primeiro momento, a ajuda da minha namorada tem sido fundamental, assim como as seguintes marcas do sector taurino: fotógrafo Nuno Almeida, Clube Taurino do Concelho da Chamusca, Emma Prieto, Catarina Pereira, Alcatejo e Loja Taurina PQ”, acrescentou, antes de deixar “a todos eles, o meu sincero agradecimento”.

Nuno Casquinha disse nesta entrevista que “em Portugal tenho duas corridas programadas, que vão ser anunciadas esta semana. Por respeito aos respectivos empresários, prefiro aguardar que sejam eles a publicar primeiro a notícia”, lembrando que “num ano tão atípico, onde cheguei a pensar que não se iriam realizar corridas, estes dois contratos foram uma “injecção de moral” importante”.

A mensagem que deixo os leitores, é que continuem a apoiar a tauromaquia, como sempre o fizeram, mas agora com mais consciência e precaução, para que todos possamos continuar a desfrutar da festa”, rematou.
Texto: Rui Lavrador
Fotografia: Nuno Almeida

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6769 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.