O novo disco dos Luar na Lubre vai dar destaque à Ribeira Sacra

luar na lubre

 

 

O próximo disco dos Luar na Lubre, que está a ser gravado no Mosteiro de São Pedro de Rocas (Esgos), vai dar destaque à Ribeira Sacra.

 

 

Este novo trabalho da banda tem como objectivo apresentar a riqueza musical histórica, etnográfica, natural e monumental da província de Ourense (espanha). Este novo álbum Luar na Lubre conta com o apoio do governo da região de Ourense. Este trabalho vai incorporar o idioma barallete, que normalmente era utilizado pelos amoladores de facas.

 

 

O presidente do governo da província de Ourense, Manuel Baltar, visitou o grupo no seu lugar de trabalho para agradecer o trabalho que estão a fazer e do “compromisso com a Ribeira Sacra e com a divulgação da cultura local através da música“. “Esta é uma ocasião perfeita para continuar a apostar na Ribeira Sacra e contar com um grupo de folk de referência a nível galego e internacional como é o caso dos Luar na Libre que elegeram São Pedro de Rocas para trabalharem na sua próxima produção“, conclui o autarca.

 

 

 

O líder dos Luar na Lubre, Bieito Romero, explica que nesta nova produção as composições “vão lembrar todo o patrimonio que temos na Ribeira Sacra“. Romero destaca ainda que esta é a primeira vez que se faz um disco para potenciar este lugar através da música. O governo local pretende que o Mosteiro de São Pedro de Rocas, em Esgos, seja considerado Património da Humanidade pela Unesco.

 

 

O novo álbum dos Luar na Lubre (o grupo foi criado em 1986) será apresentado no Teatro Principal de Ourense em Março de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.