O Sol da Caparica: The Gift anunciam novo disco totalmente em inglês

The Giift 307

 

Os The Gift, a comemorarem 20 anos de carreira, provaram ontem n’ O Sol da Caparica que atravessam um excelente momento. Antes do espectáculo e em entrevista ao Infocul, Nuno Gonçalves falou sobre o próximo disco do grupo, prestes a sair.

 

 

O alinhamento ainda não o fiz, para ser sincero. Faço sempre o alinhamento minutos antes de entrar mas não vai estar muito longe daquilo que andamos a fazer ao longo deste verão pelos quatro cantos deste país, que é celebrar os 20 anos de carreira dos Gift, assente em canções mais conhecidas e canções pouco conhecidas. Os Gift sempre foram estas duas caras não muito óbvias e algo esquizofrénicas de, por um lado, ter canções que toda a gente canta e, por outro lado, haver gente que descobre pela primeira vez uma ou outra canção. É isso que vamos fazer. Um misto entre lados B’s e lados A’s” começou por nos dizer Nuno.

 The Giift 27                         The Giift 48

 

Do alinhamento fez parte, entre outras, “Clássico”, o mais recente single do grupo, “é uma canção nova que nos dá muito prazer tocar, que temos muito orgulho nela. É uma música de esperança, uma música importante que já faz parte da vida das pessoas e obviamente vai entrar”.

 The Giift 69                          The Giift 150

 

Sobre O Sol da Caparica opinou “é óptimo. Costumo sempre dizer que faz todo o sentido ter um festival deste estilo. Existiram exemplos no passado como “Portugal ao Vivo” e as próprias “Noites Ritual”, no Porto, que era um festival no Rosa Mota que baseado e só em música portuguesa. A questão era o feedback do público e dos media em relação ao próprio festival e, neste caso, o “Sol da Caparica” em três anos tem conseguido um espaço e uma credibilidade que é impar no nosso panorama português, o que é de louvar isso e ainda bem que existe essa credibilidade, que existe esta promoção e que existe este tempo de antena, o que é muito importante em apenas 3 anos. É de louvar e que dure muitos anos”.

 The Giift 166                           The Giift 214

 

Sobre a música portuguesa também sobram elogios, “olhamos muito bem. Acho que a grande luta/objectivo/barreira que terá que ser derrubada nós próximos anos, não é a produtividade, pois essa existe muita e todos os dias existem bandas novas a saírem com discos. Lançar um disco novo não é um “bicho de sete cabeças”. É algo que se pode gravar em qualquer quarto, em qualquer apartamento por esse país fora. O problema é construir carreiras e eu acho que o grande objectivo da música portuguesa para os próximos anos é cimentar fenómenos e isso é o mais difícil, na música em geral. Cimentar carreiras e não se basear em fenómenos de verão de um ou dois discos e isso é o grande objectivo da música portuguesa, para que todas estas bandas novas possam cimentar e crescer cada vez mais e melhor e cada vez com mais público, que é o objectivo de cada banda”.

 The Giift 42                        

The Giift 87

 

“O disco novo está praticamente feito. Foi misturado pelo Flade. Um trabalho de dois anos que acabei há duas semanas. Ainda não está. Faltam algumas coisas que finalizaremos nos próximos meses. Também não tenho tido muito tempo pois temos tido concertos mas vai ser, de longe, o melhor disco dos Gift, é o que tenho a dizer. Quando tínhamos 14 anos, quando começámos, se nos tivessem dito que íamos ser produzidos pelo Brian Eno, desmaiávamos e posso dizer que ainda não acordei bem do sonho” revelou sobre o novo disco” começou por dizer sobre o disco que sairá em breve, acrescentando “vai ser o melhor disco dos The Gift. Não tem nenhuma música em português. É tudo em inglês. É a única coisa que posso revelar”.

 

 

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6717 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.