Oficinas e teatro no Museu do Oriente

A Letra do Livro RR

 

 

De 23 de Setembro e até meados do mês de Outubro, o Museu do Oriente vai ter um programa de actividades dedicadas a toda a família e de onde se destacam oficinas de todos os tipos e espectáculos de teatro.

 

 

“Um tigre, dois tigres…” é uma oficina para bebés a partir dos 12 meses. Esta oficina vai acontecer no dia 23 de Setembro, pelas 10:00, (com uma segunda sessão pelas 11:30). O custo de inscrição é de 4€, tanto seja um adulto ou um criança.

 

 

No sábado seguinte, dia 30, as crianças vão ser desafiadas a construir um “Dicionário Ilustrado” a partir de novas palavras e ideias aprendidas entre as peças do Museu. Esta oficina vai acontecer das 15:00 às 18:00 e tem um custo de 5€ por participante.

 

 

No dia 01 de Outubro, repetindo a 09 de Dezembro, a oficina de ilustração “A letra do livro” vai desafiar jovens dos 7 aos 12 anos a construirem um mini-livro, com uma história criada em conjunto a partir de uma letra.

 

 

Neste mesmo dia, pelas 10:00 (com uma segunda sessão a acontecer pelas 11:30), a oficina “Entre cordas!” vai  dar a conhecer, às famílias e às crianças entre os 3-5 anos, os famosos instrumentos que protagonizam a ópera de Pequim. As crianças dos 3 aos 5 anos devem ser acompanhados por um adulto e as inscrições têm um custo de 4€ por participante.

 

 

Este fim-de-semana vai terminar, pelas 16:00, com a peça de teatro “O Coleccionador de Cérebros”, de Sónia Aragão e John Mowat. O protagonista é o Professor Alec Ziegelstein, um eminente neurologista que possui uma das maiores colecções de cérebros do mundo e acaba por se tornar num artista de palco. A acção deste espectáculo, que tem uma duração de 75 minutos sem intervalos, funciona “dentro e fora da caixa”, abordando o universo do cérebro, os neurónios e glias, os sonhos, as memórias e as emoções. Os bilhetes têm um custo de 8€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.