Opinião: “On the Quiet” de Xinobi

xinobi

 

“On the Quiet” é o sucessor do álbum “1975”, de Xinobi. Este disco é bastante house e tecno mas apresenta, também, algumas sonoridades do punk rock. 

 

 

Neste segundo álbum, Xinobi melhorou o seu estilo num conjunto de canções que são um novo marco no seu percurso. O próprio músico tocou e produziu todo o álbum, que é editado com o selo Discotexas, a editora que gere com Moullinex. Este disco é composto por 8 temas, dos quais se destacam “Skateboarding”. Esta é uma música que, tal como o nome nos indica, leva-nos para o mundos dos skaters e de toda a cultura urbana que os rodeia. É uma música que é marcada por um ritmo constante dos pratos e do teclado, um ritmo rápido e constante como é aquele que marca a passagem do relógio.

 

 

O segundo tema deste disco é “Far Away Place”. Esta música traz-nos já um leve gostinho do verão e das “longas” viagens até ao nosso local de férias ideal. É a canção ideal para ser a banda sonora dessas viagens pois é leve, livre e descomprometida.

 

 

“Morning Fix” traz-nos os ecos da floresta amazônica ou de qualquer outro local que possam imaginar no seu estado mais puro. Conseguimos ouvir o piar dos pássaros e o bater do coração da natureza, que é o pulsar do mundo, um mundo em constante mudança, tal como é o ritmo apresentado.

 

 

O penúltimo tema deste disco é “Tonic Clonic”. Este é um ritmo mais apropriado para as pistas de dança, ao contrário dos restantes que compõe este disco. A inserção das teclas transmite um ambiente algo mais sombrio mas que é algo “apagado” com loops e guitarras aéreas que levam o ouvinte para um som forte e poderoso, algo que “não é deste planeta”.

 

 

Este disco finaliza com “Deriville”, um tema mais calmo que começa com as ondas do mar, um piano e uma voz feminina a falar francês, a língua do amor. Esta música termina este disco de uma forma mais calma, ao contrário da canção cheia de ritmo que inícia este álbum. Aqui falamos muito mais do que música, falamos de emoções.

 

 

Xinobi finaliza “On the Quiet alertando para a conscientização da sociedade para os problemas que nos afectam como sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.